Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

25 abril 2018

Il Suo Nome Gridava Vendetta (Itália) [Subtitle/Legenda Ptbr.srt Exclusiva] "Seu Nome Clamava Vingança" Especial Brasil


O Seu Nome Clamava Vingança - Brasil
Il Suo Nome Gridava Vendetta - Itália
A Name That Cried Revenge - USA
Man Who Cried for Revenge - USA
Su Nombre Gritaba Venganza - Espanha
Verikostaja - Finlândia
Son Nom Crie Vengeance - França
I ekdikisis Mou Einai keravnos - Grécia
O Vingador - Portugal
Drick ur Whiskyn - lämna stan! - Suécia
Intikam Derler Adima - Turquia
Django - Sprich Dein Nachtgebet - Alemanha

Produção: Itália, 28 de Julho de 1968
Direção: Mario Caiano (William Hawkins)
Escrito: Mario Caiano e Tito Carpi           
Duração: 96 minutos (sem corte), 90 minutos (com corte)
Produção: Bianco Manini
Música: Robby Poitevin              
Fotografia: Enzo Barboni            
Co Produção: Patry Film e Selenia Cinematografica
Edição: Renato Cinquini              
Design de Produção: Massimo Tavazzi 


Anthony Steffen - Davy Flanagan
William Berger - Sam Kellogg
Ida Galli (Evelyn Stewart) - Liza
Raf Baldassarre - Jack
Mario Brega - Dirty
Claudio Undari (Robert Hundar) - Clay Hackett
Fortunato Arena - Crazy Joe
Rossella Bergamonti - Whore
Umberto Di Grazia - Bandido da gangue de Crazy Joe
Rocco Lerro - Bandido da gangue de Cray Joe
Jean Louis - Caçador de Recompensa
Osiride Pevarello - Carta no Saloon                       
Renzo Pevarello - Bud's Pal
E com Luis Barboo, Eleonora Vargas e Alberto Dell'Acqua  
Claudio Ruffini - Bud


Este é um filme emocionante com boa ação, lutas e belas cenas externas.
O fim da guerra de Secessão em um ambiente externo e escuro são os ingredientes em que este Espaghetti violento foi produzido. Davy Flanagan (Anthony Steffen), é um veterano de guerra e declarado desertor do Norte.

Sem memória, ele voltou de um passado sombrio para vingar sua morte da sua alma. Flanagan é procurado, como cartazes que circular dizendo: “Recompensa 10.000 dólares, Morto ou Vivo”. Desconhecido, após ser perseguido e capturado, consegue escapar de um caçador de recompensas. Ele toma sua arma e seus pertences e chega à pequena cidade de Dixon, um local dominado por gangues violentas e pistoleiros desagradáveis como Dirty (Mario Petri).


Nesse lugar existe também um bando perigoso liderado por um bandido chamado Crazy Joe (Fortunato Arena, experiente ator sempre presente nos filmes de Trinity com Terence Hill e Bud Spencer em que Barboni gostava de tê-lo no elenco) e seus bandidos. Aqui ele conhece um juiz (William Berger) que conta a ele que sua esposa desconhecida Liza (Ida Galli) é jovem e casou-se com um pistoleiro durão chamado Clay Hackett (Robert Hundar).

O juiz lhe dá uma chance de acertar o seu passado, mas o que ele quer mesmo é só causar pânico e vingança a todos. É um western movimentado com tiroteios de tirar o fôlego entre os bons atores além de Anthony Steffen, Petri e Fortunato Arena, destaques para os duelos em ambientes internos como o do saloon além de uma emocionante luta final nas ruas culminando na praça central da cidade com um bom toque de suspense e uma longa e boa sequência musical ao som do trompete de Poitevin.


Este filme é muito divertido de assistir. É uma história divertida com um toque de estranheza, alguns grandes papéis e um trilha sonora incrível de Robby Poitevin.
O roteiro conta uma história de justiça e vingança de costume no Espaghetti, com um homem durão que tem como o seu objetivo uma resultante vingança sangrenta.

O enredo básico é típico do Espaghetti Western, mas o que faz com que este filme se destaque é o seu estilo. Steffen está muito a vontade neste filme, talvez um dos melhores em sequências de ação bem elaboradas e emocionantes. Um trabalho de direção bem realista e um desempenho carismático por todo o elenco.


Anthony Steffen está perfeito no papel de Flanagan lembrando suas atuações nas décadas de 60 e 70 em filmes B. O ator brasileiro Steffen nunca se tornou uma das melhores bilheterias internacionais mas seu desempenho é frequentemente lembrado como um dos mais durões na tela.

Outros de seus trabalhos no seguimento que podemos lembrar são: "Sete Dólares para Matar", "O Último Moicano" "Gentleman Jo", "Quatro Dólares por Django", ¨O Retorno de Arizona Colt¨, ¨Apocalypse Joe¨,"Dallas", ¨Shango¨e vários outros. Embora Steffen esteja bem melancólico para o papel neste filme, podemos perceber em segundo plano, memoráveis participações de Robert Hundar, Alberto Dell'Acqua, Raf Baldassarre, Luis Barboo, Eleonora Vargas, Jean Louis, entre outros.


Bom design de produção criando um ambiente atmosférico e pobre. O músico Robby Poitevin compôs uma belíssima trilha sonora no estilo Morricone e muito bem conduzida por sua orquestra e Isso acaba sendo uma das grandes contribuições para que o filme seja diferenciado, com muitas variações sonoras agradáveis como fundo musical.

A trilha sonora notoriamente contribui enormemente para a atmosfera do filme, incluindo o emocional, sua música realmente se torna memorável ao conjunto da obra. Impressionante também é a fotografia de Enzo Barboni e zoons de câmeras bem elaborados.

A direção do experiente diretor Mario Caiano é bem trabalhada, aqui ele é menos cínico e bem humorado e mais inclinado a muita ação, especialmente nos quesitos tiroteios e violência. Ele dirigiu este que podemos considerar um belo e respeitável Western, gênero em que ele não só se destacaria, e que também passaria envolvido por grande parte do resto de sua carreira dirigindo vários outros como: "Brandy", "O Vingador da Califórnia", "A Vingança de Ringo", "As Pistolas não Discutem", "Um Trem para Durango".

Caiano é um artesão que dirigiu todos os tipos de gêneros, como Sandalha e Espada [Peplum] "Ulisses contra Hércules", "Os Dois Gladiadores", ¨Maciste Gladiador de Esparta¨ e filmes de Terror Europeu: ¨Olho no Labirinto¨ e até mesmo filmes Pornonazistas.

Nunca considerado pela crítica como um bom diretor assim como tantos outros na época, hoje são reconhecidamente bons diretores, sabendo-se de seus recursos para a época em que trabalharam.

Seus trabalhos hoje são reconhecidamente aceitáveis como documento de estudo e apreciação por estudiosos e colecionadores de obras europeias.
 
No livro da Biografia de Steffen, o qual já li três vezes, tem uma menção curiosa de William Berger que conta que na cena da travessia da ponte de madeira em que por sua largura, só passa um cavaleiro por vez, Steffen teria ficado com medo da precariedade da construção dela e recusou-se a filmar a cena sobre ela alegando que o seu cachê não compensaria o risco, então colocaram um dublê para fazê-la.

Berger era um atleta em artes marciais e exímio acrobata e aparece realmente na cena sobre a ponte, mas logo na cena seguinte surge Steffen, já do outro lado dela.

Gostaria de ver a cópia completa e confirmar uma foto em que Steffen está em pé sobre a ponte de frente a William Berger [foto 1] ou seria uma montagem para propaganda. Se algum leitor puder confirmar, por favor deixe observação em comentários.

Gosto muito deste filme e nada mais justo do que elaborar uma legenda/subtitle srt. ptbr para os fãs e amigos que disponibilizo aqui exclusivamente para compartilhamento aos leitores e apreciadores deste blog.

Através desta legenda, outras línguas poderão ser traduzidas e adaptadas para que todos possam entender ao filme completo.

Acrescento ainda que todos os comentários serão bem vindos após o download desta legenda que foi sincronizada para este filme em versão com áudio italiano disponibilizado no Youtube.
Para outras versões, esta legenda deverá ser resincronizada dependendo da velocidade dos FPS "flames por segundos".


Link Disponível no Youtube:
Extensão do vídeo: MPEG-4
Resolução: 640x344 pixels
Tempo de duração: 90 minutos
Qualidade do vídeo: AVI
Velocidade: 25 FPS
Codec de áudio: AAC
Tamanho 343 MB
Extensão de tela: 16:9                                                    
Idioma: Inglês
Legenda: Português SRT 

5 comentários:

  1. Emanuel Neto26/04/2018 10:21

    Por incrível que pareça, eu ainda não vi este filme. Tenho de tratar do assunto o mais breve possível!
    No entanto, há pelo menos mais um western em que Anthony Steffen também faz o papel de pistoleiro sem memória após a Guerra da Secessão. O filme é "Shango, la pistola infallibile", realizado por Edoardo Mulargia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emanuel acho que vai gostar desse filme.
      Abraço e grato pelo comentário.

      Excluir
  2. Por favor! Como fazer o download desse filme? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acesse este site http://www.downvids.net/
      Em seguida pegue o link do endereço do filme do youtube e cole no campo "DOWNLOAD"
      Após carregá-lo no site clique em download e clique com mouse lado direito e selecione salvar video.

      Excluir
  3. Por favor! Como fazer download desse filme? Obrigado!

    ResponderExcluir

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: