Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

06 maio 2011

Capitão Apache

“Captain Apache”
“Deathwork - USA”
“The Guns of April morning - USA”

Produção: 1971
Espanha - Inglaterra - Eua
Direção: Alexander Singer
Duração: 94 Minutos
Fotografia: John Cabrera
Escrito: Philip Yordan & Milton Sperling
Produção: Benmar Productions

Lee Van Cleef - Capitão Apache
Stuart Whitman - Griffin
Carrol Baker - Maude
Percy Herbert - Moon
Elisa Montés - Rosita
Tony Vogel - Snake
Charles Stalmaker - O´rourke
Charly Bravo - Sanchez
Faith Cliff - Abigail
D. Pollock - Ben
Dan Van Husen - Al
Hugh Mcdermott - Genaral Ryland
George Margo - Xerife
José Bódalo - General
Elsa Zabala - Witch
Allen Russell - Maitre D´
Ricardo Palácios - Sargento
Fernando Sánchez Polack - Guitarrista
Luis Induni - Comissário Collier
Vito Salier - Diablo
Jess Hahn - Pai De Rodriguez
Jay W. Jensen - Soldado e com
Cris Huerta, Fracisco Marsó, Carl Rapp, Bud Strait, X. Brands, Milo Quesada, Bruce M. Fischer, Eric Chapman, J. Radlowsky, Dean Selmier, Per Barday, Luck Tiller, John Clark, Randy Gibson, Rupert Crabb, Antonio Padilla, e Cass Martin,
Mesmo discriminado pelos brancos, Capitão apache é um soldado do exército da União (Lee Van Cleef), mestiço índio que ajuda a cavalaria americana a lutar contra os índios. Produzido na América e Espanha, ele deve seguir o roteiro do filme para descobrir o significado de uma senha denominada de "Manhã de Abril“ que foram as últimas palavras de um agente federal que fora morto em um atentado. Ele descobre que existem muitos envolvidos e ele começa sua investigação fazendo uma tensa aliança com um contrabandista de armas chamado Griffin (Stuart Whitman), descobrindo que terá que trabalhar mais rápido do que pensa para conseguir informações a medida em que o mês de abril se aproxima.
Assim como em alguns filmes de 007, seus contatos de investigação possuem um álibi e todos são mortos inexplicavelmente apagando-se as pistas que poderiam desvendar o segredo. Estrelado também por Carroll Baker, uma socia-light que pode ser vista também em (The Big Country - 1958) e Percy Herbert como “Moon” que atuou também em (O Grande Motim - 1962). As cenas de ação funcionam bem, e o humor (principalmente intencional) é bastante divertido. Muitas das cenas estão cheias de tensão – e o mistério da “Manhã de Abril” torna-se um jogo bem jogado por todos os personagens o suficiente para sustentar o interesse e mantê-lo colado no filme até o seu final para também tentar descobrir o enigma.
As músicas são uma relíquia. Em uma rara interpretação de Lee Van Cleef com um estilo que foge completamente dos westerns tradicionais Americanos e Italianos
A trilha sonora é excelente, pois inclui as duas canções cantadas por Cleef sendo "Capitão Apache" e "Manhã de Abril", com as letras inclusive sendo creditadas a ele. A primeira vez que ouve-se a música “Capitão Apache” parece meio confusa por que Lee Van Cleef está narrando o tema sobre um coral, mas em “April Morning” ele até que esboça algumas frases em um tom baixo para combinar sua sua voz.
Para os fãs fica mais esta curiosidade deste ator tão cultuado no Espaghetti Western ultimamente assisti este filme novamente depois de muitos anos e não consigo tirar a música “Capitão Apache” da minha cabeça. Ela impregna a memória mesmo. O filme é divertido, agradável, dosagens boas de ação, suspense e humor. Para crianças de todas as idades.

3 comentários:

  1. "I like your blog, well done,keep up the good work Take care Dan"

    Dan Van Husen publicou esta frase no meu Mural Facebook em 14 de maio de 2011 Sábado.

    ResponderExcluir
  2. Também já caminhei por esses deserto Espanhol...
    Faltou-me apenas conferir o Mini Hollywood. Mas lá voltarei.

    --
    Pedro Pereira

    http://por-um-punhado-de-euros.blogspot.com
    http://auto-cadaver.posterous.com
    http://filmesdemerda.tumblr.com

    ResponderExcluir
  3. Quem dera eu ter esse previlégio, mas voces merecem.

    ResponderExcluir

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: