Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

01 maio 2010

Meu nome é Ninguém


Usando o pseudônimo E.B. Clucher, Enzo Barboni criou nos anos 70 o estilo comediante com Trinity e fez They Call Me Trinity – USA -1971, Lo Chiamavano Trinitá.. (Itália), Meu Nome é Trinity (Brasil) e Trinity is Still My Name – USA 1974, Lo Chiamavano Trinitá.. (Itália), Trinity ainda é meu Nome (Brasil), filmes que arrecadaram milhões de dólares fazendo com que os atores ficassem famosos mundialmente, um sucesso planetário, Terence Hill (Mario Girotti) e Bud Spencer (Carlo Pedersoli, um ex-nadador olímpico). Uma longa fila de westerns comédia começaram a surgir.

Barboni (Clucher) fez o “Man of The East” (1973) com Terence Hill,
Giulio Petroni fez “Life's Tough, Eh Providence?” (1972) com Tomas Millian caracterizando um clone de Charlie Chaplin como cocheiro de diligência.
Ferdinando Baldi veio com “Carambola” (1975), uma imitação de Trinity com Paul L. Smith e Michael Coby (Antonio Cantafora).

Na metade dos anos 70, filmes de artes marciais e outros gêneros conseguiram conquistar uma grande platéia de afeccionados afastando-os dos espaguetes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: