Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

28 outubro 2015

I Sette del Gruppo Selvaggio [O Grupo dos Sete Selvagens] Especial Brasil



O Grupo dos Sete Selvagens - Brasil

Sete Pestilentos na Garupa do Demônio - Brasil
I Sette del Gruppo Selvaggio - Itália
Os Sete Indomáveis Cavaleiros - Portugal
Seven Devils on Horseback - USA
7 Halunken Hart Wie Granit - Alemanha
Der Ritt zur Hölle - Alemanha
Tornedo - Blaue Bohnen mit Speck - Alemanha
Siete Diablos a Caballo – México

Produção: Itália, 29 março de 1975
Direção: Gianni Crea     
Duração: 90 minutos
Escrito: Gianni Crea
Produção: Itala Giardina e Dante Grilli
Música: Stelvio Cipriani
Música vocal: “Where is Your Gold” cantada por Don Powell    
Fotografia: Silvio Fraschetti e Angelo Lotti          
Edição: Mariano Arditi  
Co Produção: Bleus Film, Roma
Mestre de Armas: Pino Mattei
Diretor de Produção: Luciano Brega


Dino Strano (Dean Stratford) - Jeff McNeal/Geoffrey McNeal/Mitchell
Mario Brega - Tornado
Femi Benussi (Eufemia Benussi) - Rosie
Gordon Mitchell (Charles Pendleton) - Cooper
Giuseppe Mattei (Pino Mattei) - Foster
Jack Logan - Escocês
Mirella Rossi - Liz/Liza Brichard
Nino Musco - Prefeito
Maurizio Tocchi - Xerife Perry
Lina Franchi - Mulher de Tornado
Pietro Torrisi - Capanga de Cooper
Dada Gallotti - Srta. McNeal
Omero Gargano - Informante de Cooper/Poncho Vermelho
Furio Meniconi - Bill/Fazendeiro no Banco
George Wang - Capanga de Cooper
Rik Battaglia - Capanga de Cooper
Attilio Dottesio - Banqueiro
Gennarino Pappagalli - Xerife ao lado do Juiz
e com Luigi Antonio Guerra e Alberico Donadeo.


Claramente, aqui estamos no set de filmagem de Demofilo Fidani, mas em um filme dirigido pelo diretor Gianni Crea nos Estúdios Dino Di Laurentiis em Cinecità, Roma.
Um cartaz de recompensa no escritório do xerife com a palavra "Recompensa" escrita duas vezes em letras grandes e acima, menciona-se uma soma de "US$ 5.000" sobre ele, mas sem qualquer nome ou imagem nele.

Detalhes perfeitamente perceptíveis a todos que assistem as suas cultuadas obras inexplicavelmente de sucesso entre os fãs. O filme foi rodado em março de 1972, mas por razões desconhecidas foi lançado em março de 1975. Por curiosidade posso dizer que só chegou em Portugal em 8 de Outubro de 1980 e acho que os portugueses não perderam nada, a não ser mais uma fita daquelas em que só é lembrada por ser muito ruim.


Em um breve resumo: A história se passa na cidade de Stanton e que um bandido chamado Cooper (Gordon Mitchell) é o chefe de uma gangue de bandidos assassinos sanguinários que vem aterrorizando a região com crimes hediondos e todo tipo de barbárie.

Quando os assassinos roubam o ouro de seu falecido marido, quando ela acaba de sacar do banco onde estava depositado para partir definitivamente da cidade, a viúva, Sra. McNeal percebe que a escolta dos homens de seu irmão não vieram e ela parte sozinha com o dinheiro pelo Passo do Diabo, tentando evitar os ataques dos bandidos de Cooper, mas é surpreendida, seguida e capturada e após estuprarem-na e matarem a jovem viúva inocente, o recém- xerife une-se a um hábil pistoleiro, Jeff McNeal, o irmão da viúva assassinada, a fim de promulgar a vingança e a justiça.


Agora indo aos detalhes: As autoridades da cidade tais como o prefeito, o juiz, um velho xerife e o ex- xerife Perry, um homem sábio e corajoso, planejam a estratégia para enfrentarem o bandido, mas Perry sempre inclina-se para soluções jurídicas e dentro da lei, mas o verdadeiro trabalho é dado a Jeff, um homem de ação imediata.

Após várias discussões entre Perry e Jeff em que o assunto é a justiça, os dois acabam juntando forças, e com outros homens da cidade do lado deles, e em virtude de morte de mais pessoas inocentes, um amigo de Perry, um jogador e uma pequena jovem, amiga e meio irmã do pistoleiro comovem Perry, e faz com que assuma novamente o posto para ajudar o pistoleiro McNeal e seu amigo Tornado a eliminarem o bando de Cooper que aterrorizam a região explorando a todos, inclusive forçando-os a pagarem taxas para não serem importunados por eles.


Jeff McNeal (Dino Strano raramente em um dos poucos papeis como protagonista) tem as duas mulheres, sua única família,morta barbaramente pelo bando de Cooper.
Alguns atores não aparecem nos créditos, mas são bem conhecidos do Espaghetti Western.

Um deles é o ator tailandês George Wang, que tem algumas breves aparições sendo um do grupo dos
sete selvagens, mas também sem nenhuma importância para o roteiro.
Femi Benussi sempre bonita e aqui como uma dançarina proprietária do saloon que tem uma queda e uma velha amizade por McNeal e que terão um final feliz juntos após o casamento.


Maurizio Tocchi é o xerife barbudo e de cabelos caracolados, um pouco fora dos padrões para os Westerns que estamos acostumados a ver, mas no Western Europeu tudo era possível.          

Os títulos deste filme também são curiosos e na Alemanha por exemplo saiu como "Tornado" que é o personagem interpretado por Mario Brega, muito pouco e ingenuamente explorado como um brutamontes braço direito de McNeal demonstrando ser muito forte mas sem nenhum carisma para tal papel e que gosta de feijões, e com uma grande barriga oculta sob uma camisa rosa de malha de tricô, e que também aplica seus golpes românticos na atriz Lina Franchi, uma moradora da cidade.


Uma das poucas cenas que serão lembradas é o duelo justo no final entre Cooper e McNeal provando qual dos dois era realmente o mais rápido no gatilho, após Cooper arremessar uma pedra para o ar.

Gianni Crea já dirigiu Westerns melhores do que este fiasco e fica difícil acreditar que mesmo já em 1972 conseguisse fazer algo tão ruim, com tantos sucessos de Leone, Sollima, Corbucci, Parolini que ele já havia assistido antes.

Em 1972 quando o filme foi rodado, pode-se ver que a cidade que já estava sendo tomada por uma densa grama verde mostrando que ali já não havia muita circulação de pessoas, ou seja, as produtoras já estavam parando de filmar no local e a vegetação já começava a tomar conta de toda a cidade mostrando a decadência do Western na década.


Parece que a desatenção foi tanta neste filme que durante todo o filme você não consegue ver "Os 7 Selvagens" juntos em uma tomada ou teria sido de propósito? Para ter motivos, alguns atentados com explosões e tiroteios são armados pelos homens de Cooper para intimidar o trio defensor de Stanton.

Nos primeiros 10 minutos, a violência corre solta e as gargalhadas dos bandidos com uma mulher indefesa sendo estuprada, chega a irritar. Falta a emoção e a representação em tudo. A expressão é vista exageradamente. Até mesmo o duelo final entre McNeal e Cooper poderia ter sido explorado melhor e aproveitar melhor a cara dos dois homens maus frente a frente.

O esforço parece ter sido grande para tentar momentos de humor com Mario Brega, ao estilo Bud Spencer.
Quanto às performances sabemos que, Dino Strano e sua equipe no Espagehtti Western sempre estiveram abaixo da média.
Foster (Giuseppe Mattei) está no filme só pra brigar e apanhar.
Pietro Torrisi, o ator musculoso de inúmeros épicos romanos tem também uma breve participação exibindo os seus músculos em uma briga na rua com McNeal [Dino Strano] e em uma outra sequência também é visto participando de um cortejo fúnebre como um popular local escondendo-se atrás de seu chapéu.
A bela atriz jovem Mirella Rossi participa aqui em seu único Western dentre os seus treze trabalhos para o cinema europeu.
Curioso também o ator Jack Logan em seu segundo e último western, uma comédia “Fuori Uno Sotto Um Altro Arriva Il Passatore “ (El Audaz Aventureiro) 1973 ao lado de George Hilton, Edwige Fenech e Manuel Zarzo dirigido por Giuliano Carnimeo [Anthony Ascott] ainda inédito no Brasil.


Nota-se que algumas sequências musicais basicamente foram emprestadas da trilha sonora "Blindman" de Stelvio Cipriani e curiosamente contêm muitas cenas de "La Lunga Cavalcata Della Vendetta" [Cavalgada da Vingança/A Longa Cavalgada da Vingança - Brasil - 1972] com direção de Tanio de Boccia com Richard Harrison e Anita Ekberg. Algumas delas são: A negociação no Banco; A perseguição da Sra. McNeal; O jogador e as dançarinas no saloon, entre outras.

Na trilha sonora de Cipriani é, pelo menos, agradável com: guitarras, ventos soprando, cordas, flauta, corais, sinos de igrejas e órgãos.

Um dos últimos Westerns de Gianni Crea que mostra um visto de liberação de censura para 12 outubro de 1974 mas ficaria guardado na gaveta até o final de março de 1975, e que foi claramente devido à falta de dinheiro da Bleus Film de Roma para pagar os distribuidores e serviços e os donos de cinemas que dificilmente estavam comprando filmes de cowboys já naquele ano.

Gianni Crea nunca teve grandes orçamentos, sempre trabalhando com possibilidades financeiras limitadas, mas, neste caso, os recursos financeiros não eram nada.

Crea foi forçado a não apenas lidar como diretor, mas também para organizar a história, o roteiro e a música. Em minha opinião “La Legge Della Violenza (Tutti o nessuno) [ A Lei do Colt - Brasil] de 1969 com Giorgio Cerioni, Igli Villani e Ángel Aranda, ainda foi o melhor dos cinco dirigidos por ele.

A impressão é que o filme parece ter sido filmado em meados dos anos 1960, quando os cineastas italianos estavam apenas começando a tentar a sua sorte na criação de Westerns. A velha história do "bem contra o mal". Mas acredite, já estavam no meio da década de 70. Situação muito sombria para Gianni Crea nesse caso.


É também de estranhar que Jeff McNeil, não parece ter sentido a morte da irmã como normalmente se sentiria um herói do Espaghetti e aqui o seu desejo mais obsessivo e de maior interesse é o coração da solitária Rosie.
Não consigo entender o que impediu McNeil de ir imediatamente para o covil do Cooper tirar satisfação com suas maldades. Isso não fica muito claro. O líder dos bandidos tem um comportamento muito estranho. Ele é muito calmo sobre o seu adversário perigoso e como McNeal subjulga todo o bando de Cooper e não o pegam para fazerem aquela tortura de costume? O auge da estupidez torna-se um episódio quando Cooper envia um pequeno grupo à cidade completamente vazia e na rua principal são aguardados por moradores em posições privilegiadas de tiro contra eles e Cooper, seu líder fica assistindo do topo de uma montanha a batalha na cidade. Não ficou claro o que os produtores esperavam como resultado nesta cena.


O papel principal foi confiado a Dino Strano. Ele era um ator experiente, mas não carismático. Ele ajudou bem aos outros personagens de segundo plano, mas ele mesmo se saiu muito mal como Jeff McNeil.
Seu colega foi o famoso Gordon Mitchell, cuja aparência é quase ideal para todos os papeis neste filme. Aqui como Cooper ele está muito plausível.
Femi Benussi, já havia atuado em outro filme de Crea em 1971.



Este também foi o único filme de Western Epaghetti na carreira da bela Mirella Rossi, lembrada por seus papéis em filmes de Renato Polzelli.
Um filme fraco em quase todos os aspectos. A ação no geral fica à desejar, mas este é mais um daqueles tesouros para o aficionado do Trash Europeu que com todas estas curiosidades se tornou mais um Cult. Na contagem foram 29 homens mortos e duas mulheres, isso se não pisquei os olhos.
Exibido na TV Brasileira em 20 de Julho de 1983, 28 de Agosto de 1985 e por último em 13 de Agosto de 1986 e quem se atreveu foi a TV Record rigorosamente na série de programas "Bang Bang à Italiana".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: