Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

11 janeiro 2014

Mate Todos Eles E Volte Só


Ammazzali Tutti e Torna Solo Kill
Them All and Come Back Alone - USA
Mate Todos Eles E Volte Só - Brasil
Produção: Itália/Espanha - 31 de Dezembro de 1968

Direção: Enzo G. Castellari (Enzo Girolami).
Musica: Francesco De Masi
Fotografia: Alejandro Ulloa
Duração: 100 minutos
Escrito: Tito Carpi, Enzo G. Castellari, Francesco Scardamaglia
e Joaquín Romero Hernández
Produção: Edmondo Amati e Maurizio Amati
Coo-Producão: Fida Cinematografica e Centauro Films
Edição: Tatiana Casini Morigi
Direção de acrobacias: Giorgio Ubaldi
Locações: Almería, Andalucía, Espanha


Chuck Connors - Clyde Mac Kay
Frank Wolff - Capitão Lynch
Franco Citti - Hoagy
Leo Anchóriz - Deker
Giovanni Cianfriglia (Ken Wood) - Blade
Alberto Dell'Acqua - Kid
Hércules Cortés - Bogard
Antonio Molino Rojo - Sargento
Furio Meniconi (Men Fury) - Buddy
Alfonso Rojas - Sargento Fronteira
John Bartha - Capitão do Campo de Prisioneiros
Sergio Citti - Soldado
Raul Lovecchio - Voz do Baladeiro
Osiride Pevarello - Soldado
Pietro Torrisi - Soldado
e com C. Fantoni e Ugo Adinolfi



Mate Todos Eles E Volte Só (Ammazzali Tutti E Torna Solo), é um Euro Western dirigido pelo célebre Enzo G. Castellari “Keoma”, (Enzo Girolami). Um dos melhores de Chuck Connors em sua breve passagem pela Europa em sua performance, deixa arestas duras como o caçador de recompensas Clyde Mac Kay contratado pelo comando do Exército do Sul como mentor do roubo de uma soma enorme do estoque de ouro do Exército do Norte confinado em uma fortaleza inexpugnável.
Infelizmente, a sua equipe de ladrões e bastardos profissionais para fazerem o trabalho:


(Um atirador de facas “Blade”; Um especialista em dinamite “Deker”; O “ Kid” e um homem forte “Bogard”). Todos ainda menos confiável do que ele; Clyde Mac Kay, e que durante a realização do trabalho, todos entram em um êxtase de traições uns contra os outros em um clima de suspense e vingança entre eles mas só Clyde conhece um segredo: “O de retornar sozinho desta missão”.
O filme é todo ambientado durante o período da Guerra Civil Americana e os diretores de Art Design de Castellari para isso eram muito bons. O elenco inclui um grande ícone do Espaghetti Western, Frank Wolff (“Deus perdoa... eu não”, “Era uma vez no Oeste”, “O Grande Silêncio” e outros).


Aqui Frank Wolff em uma performance de uma vilão maníaco. Outros atores como, Leo Anchoriz “Los Desperados”, e Ken Wood (“Viva Django”, “Ringo e sua Pistola de Ouro”, “Adios Sabata” e “O Retorno de Sabata”, entre outros).
Aqui Ken Wood lembra um pouco um “Coltello” de Tomas Miliam de "O dia da Desforra” (The Big Gundown).
O co-roteirista Joaquin Romero Marchent, seria posteriormente o diretor de filmes como Por um punhado de Prata e Os 7 do Texas.
A grandiosa música “Gold”' é cantada por Raoul (Ettore Lovecchio) composta e dirigida por Francesco De Masi e sua Orquestra.

Música "Gold".

5 comentários:

  1. Emanuel Neto23/01/14 04:16

    Este filme é para mim um dos melhores westerns de Enzo Castellari, tal como "Keoma". Mas o melhor de todos é "Johnny Hamlet"... e mais uma vez Francesco de Masi revela o seu talento!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Emanuel, eu adoro a ambientação de Castellari também.
      Sua cenografia é muito bem pensada e elaborada.

      Excluir
  2. Estou registrando um vídeo com a trilha principal GOLD, cantada por mim, caro Edelzio Sanches. Estará no facebook ainda hoje.

    ResponderExcluir
  3. Repleto de cenas de ação, bom fundo musical, elenco competente e roteiro insatisfatório.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Raimundo Bolby.
      Grato pelo comentário e participação.

      Excluir

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: