Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

06 fevereiro 2013

LP VINYL RCA VICTOR LANÇADO NO BRASIL EM 1981




Ripped Vinyl

9 comentários:

  1. José Fernandes de Campos06/02/13 13:04

    No periodo que o faroeste italiano fazia sucesso, principalmente por suas músicas, A RCA lançou 5 LPs bem interessantes. BANG BANG À ITALIANA (1966) com musicas de Per QualcheDollaro in Piu, Allmbra di una COLT, Uma pistola para bRingo, Por uns punhado de dolares, Il ritorno di Ringo e de Il Piombo e la Carne. Muito bom. Em 1971saia BANG BANG À ITALIANA com basicamente só Morricone: Era uma vez no Oeste, Lo Chiamavamo TRINITA, Vamos a matar companheiros. Um Lp excepcional que vendeu muito aqui no rj.Em 1978 era lançado O melhor do Bang Bang à italiana com Dolar furado, The Good the bad and the Ugly, I GIORNI DELL IRA 9 espetaculau con Riz Ortolani, HNG EM hIGH, dJANGO E OUTRAS MENOS VOTADAS COMO nICO fIDENCO CANTANDO jOHNNY gUITTAR. fRACO. eM 1981 SAIA O QUE O SR. MOSTRA com A lindissima Una notte serena e a espetacular vamos a matar companheiros. Finalmente em 1983 sairia o BANG BANG À ITALIANA VOL. 3 onde destaco uma das mais belas musicas de faroeste italiano: TOMORROW'S LOVE de hugo Montenegro e uma bela gravaçãod de Deguello com Mauricio Renet. Muito boa a ideia de apresentar este vinil e por esta razão resolvi escrever para sugerir esta coleção aos amantes do cinema. Até derepente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Percebo pefeitamente que és mais um amante da música do Spaghetti Western
      e repostarei toda a minha colação de Vinís em breve e caso falte algum
      que eu não tenha gostaria de possuí-lo se você tiver.
      Mas o Espaghetti continua com tanto sucesso como antigamente.
      São comercializados milhares de títulos diariamente no mundo.
      As músicas e os filmes serão eternos e farão sucesso entre as novas
      gerações também.
      apareça sempre por aqui amigo!

      Excluir
  2. José Fernandes de Campos06/02/13 13:25

    Em 1966 a RCA VICTOR lançava o lp Bang Bang à Italiana com os temas dos filmes Per Qualche Dollaro in Piu - All'Ombra i una Colt - Uma pistola para Ringo - Por um punhado de dolares - Il Ritorno di Ringo e de Il Piombo e La carne. O lp fez muito sucesso, pois as músicas dos faroestes italianos eram marcantes que noas anos seguintes foram lançados outros lps. Em l971 sairia um Bang Bang à Italiana com basicamente a trilha sonora de Era uma Vez No oeste, dois tyemas de Lo Chiamavano Trinita e o sensacional tema de Vamos a matar Companeros. Um discaço que ficou muito tempo na lista dos mais vendidos aqui no RJ. Em 1978 era lançado O Melhor don Bang Bang à Italiana. Um disco fraco que em sua maioria não eram gravações originais, com destaque para as musicas de Morricone, uma gravação muito interessante de O Dolar Furado com Maurice Renet, duas com Hugo Montenegro e o clássico tema de I Giorni Dell"Ira com Riz Ortolani. O lp tem uma versçao ridicula de Johnny Guitar com Nico Fidenco. No ano de l981 era lançado o que o sr. comenta ai em cima e finalmente em 1983 era lançado O volume 3. Poucas gravações realmente originais mas o disco vale pois tem uma preciosidade, talvez o tema mais bonito de uma faroeste italiano: TOMORROW'S LOVE de e com Hugo Montenegro. Muito propicio seu comentário sobre este vinil. Resolvi escrever para que os leitores do seu blog procurem conhecer os outros titulos desta série. Leio seus comentários no blog do Darci er quando o sr. puder de uma lida no meu Top Ten. Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Alguns destes discos podem ser encontrados aqui neste blog, mas repostarei novamente, pois a procura por eles é grande tendo em vista serem edições brasileiras que fazem parte da nostalgia de milhares de afecionados pelo Bang Bang à Italiana que algum dia os possuiu em sua estante e tocou em sua Vitróla.

    ResponderExcluir
  4. Edelzio,baixei o Vol. III com 12 faixas, que é justamente o que eu disse que tenho entre outras relíquias. Além desse tenho mais três, incluindo o Vol. I "O melhor do Bang Bang à italiana" de 1978 ,que é realmente o melhor que foi lançado, ainda que com versões como Johnny Guitar e Hang em high. Na verdade não foram lançadas toda as grandes trilhas do faroeste italiano pela RCA, aqui no Brasil. Para consegui-las só se comprasse fora. Poderia se ter lançado mais um coletânea no mesmo nível de " O melhor do Bang Bang...", pois faltaram as de filmes como Meu nome é ninguém, O vingador silencioso, Quando os brutos se defrontam, Sabata adeus e as sequências, Tempo de massacre, Texas adeus,Os maus vão para o inferno, Navajo Joe, O dia da desforra, Sua lei era a vingança, Quinze forcas para os assassinos, Um homem, um cavalo, uma pistola, Meu nome é Pecos, dentre outros. Observe que listei 15 filmes com excelentes trilhas sonoras, incluindo as sequências de Sabata, que reunidas resultariam num excelente LP como o citado acima. Mas a estratégia comercial não deixava os organizadores fazerem isso, preferindo editar LPS sequenciais mesclando algumas músicas excelentes (e até repetindo-as), outras razoáveis e algumas faixas eram dedicadas a efeitos sonoros de sequências de suspense dos filmes, deixando uma sensação de irregularidade. Só depois com o advento do CD é que essas músicas foram editadas, mas nunca conseguindo agradar a todos. Muitas das listadas aqui e que eu procurava consegui através das postagens do seu blog, ou enviadas por você mesmo para meu e-mail, como esse LP de 1971.
    Não entendi Sr José Fernandes? A versão de Nico Fidenco feita para Johnny Guitar, ridícula? Esse cantor e compositor- que é um dos melhores da Itália- emprestou ao western uma das mais belas vozes do período. Ele revalorizou com sua interpretação a música tema do clássico de Nicholas Ray. Discordo diametralmente da sua opinião e não venha me dizer que "é uma questão de gosto". O termo ridículo é muito forte e não cai bem para quem se coloca como crítico e se diz profundo conhecedor de filmes e de trilhas sonoras.

    ResponderExcluir
  5. Desconsidere-se o que digitei sobre o Vol. I ser o LP " O melhor do Bang Bang à italiana" de 1978. O Vol. foi lançado bem antes em 1971(o primeiro de 1966 eu não tenho) como diz o Sr José Fernandes. Na verdade o projeto de "O melhor do Bang Bang..." pretendeu ser uma coletânea dos melhores temas do faroeste italiano. Neste LP de gravações originais mesmo temos "PER QUALCHE DOLLARO IN PIU'", "THEME FROM 'A FEW DOLLARS MORE'", C'ERA UNA VOLTA IL WEST", "I GIORNI DELL' IRA" E "TRINITY", portanto cinco músicas-tema; todas as outras (seis temas) são versões ou gravações feitas por outros músicos. As versões de Hugo Montenegro para os temas de Morricone ganharam uma orquestração mais pop, mais solta e alegre em contraponto à notas barrocas, mais eruditas do compositor italiano. Não obstante todos esses pormenores, sob minha humilde ótica, de todos os LP lançados esse é o que agrada mais aos fã -ouvintes.Independentemente das releituras é o que apresenta um conjunto de músicas que ficam mais gravadas na memória do ouvinte, além da regularidade musical. Todavia se poderia ter editado pelo menos mais dois LPS com o mesmo título(ou não) e mesma qualidade reunindo muitas músicas-temas de Morricone e de outros compositores que ficaram de fora (ver relação de temas que relacionei em comentário no link de Bang Bang à italiana Vol. 3). Chamo aqui para um detalhe: o meu LP com as músicas dos filmes Era uma vez no Oeste, Chama-me Trinity e Vamos a matar companheiros está identificado como Vol.3 , ano de 1971, no entanto tenho também o Vol. 3 de 1981 com temas como "La resa dei conti", Johnny Guitar(Maurice Renet e His Orchestra), "Il ritorno di Ringo"...e "Tomorrows Love" com Hugo Montenegro, citada pelo Sr José Fernandes, mas que nunca foi o tema mais bonito de um faroeste italiano. É envolvente, mas existem inúmeros melhores que esse, como a versão de The bad, the ugly do próprio Montenegro. Portanto tenho dois VOL.3 com temas diferentes. Foi confusão mesmo da RCA?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reupado 25-08-2014
      https://www.sendspace.com/file/28gqgg

      Excluir
  6. Na linha 14 onde eu deveria ter digitado "Chamo aqui a atenção para um detalhe:.." Na linha 15 onde está digitado "Chama-me Trinity" deveria ser "Chamam-me Trinity" e na linha 19 "... como a versão de The bad, the ugly..." deveria ser "The good, the bad and the ugly..."
    Só para constatar a qualidade e popularidade da coletânea "O melhor do Bang Bang à italiana", ela foi lançada em CD (que também possuo) e relançada várias vezes, ao contrário dos volumes normais. Costuma-se sempre relançá-lo em fim de ano, no Natal. Fiz a conversão das faixas do vinil para CD (transferindo de um pick-up para o computador através de cabos) com um profissional aqui na minha cidade, mas os resultados não foram bons. Em algumas faixas o áudio ficou cheio de ruídos e em outras as músicas simplesmente desapareceram com o tempo.
    Valeu spaghettistas e um abraço a todos.

    ResponderExcluir
  7. A genialidade destes maestro era fantástica.
    A Harmonia era criada por eles e ai apareciam grandes cantores italianos e até mesmo americanos compondo as letras e adicionando-as às melodias temas originais consagrando-as em eternos sucessos destes filmes.

    ResponderExcluir

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: