Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

24 agosto 2011

Vou, Mato e Volto - "Stranger" Any Gun Can Play - Letra/Lyric Inédita


Vou, Mato e Volto
Vado... L´Ammazzo è Torno - 1967
Any Gun Can Play - USA

Música: Francesco de Masi & Alessandro Alessandroni
Letra/Lyric: Giulia De Mutiis
Interprete: Raoul Lovequio

STRANGER

Stranger, Stranger...
Who knows your face?
Stranger, Stranger....
What is your name?

We know only the sound of your gun.
And the breeze of your shooting hand.
If we see you in the town, then someone is dead.

Stranger, Stranger...
Who knows your face?
Stranger, Stranger...
Who knows your soul?

We shot down and over
That you keep on riding
And gone!

Stranger, Stranger...
Who knows your soul?

We shot down and over
That you keep on riding
And gone!
Gone, gone, gone



TRADUÇÃO PORTUGUES BRASIL

Estranho, estranho,
Quem sabe o seu nome?
Estranho, estranho
Quem sabe seu nome?
Nós conhecemos o som de sua arma
E a brisa nos disparos de sua mão
Se você ver na cidade, alguém morrerá
Estranho, estranho,
Quem conhece o seu rosto?
Estranho, estranho
Quem conhece sua alma?
Damos um tiro no final
E você continua andando em frente!
Estranho, estranho
Quem conhece sua alma?
Damos um tiro no final
E você continua andando em frente!
E vai, vai, vai
Letra/Lyric English Version Cortesia do grande amigo Chris Casey
Músico, ator, escritor e cinéfilo
Universidade Estadual de Oklahoma - USA


Vou, Mato e Volto – Músicas Ripped - Re-uploaded

27 comentários:

  1. O blog tá muito bom, Edelzio.
    Cumprimentos cinéfilos!

    O Falcão Maltês

    ResponderExcluir
  2. Grato pela força Falcão Maltês
    Vindo de você só faz pensar em melhorar
    Valeu mesmo!

    ResponderExcluir
  3. Recebido por E-mail pessoal hoje

    Grazie Edelzio! pretty good blog!
    Nicoletta Machiavelli

    ResponderExcluir
  4. Comentário via E-mail

    Belas notícias,
    Edelzio. Seu site já é uma referência para os amantes do eurowestern.
    Parabéns!

    LeMarc

    ResponderExcluir
  5. Mensagem via E-mail

    Edelzio, sabe quem mora por aqui em Natal, Rio Grande do Norte? TAMARA BARONI. Conhece? É uma senhora ex-miss Itália. Disse-me que já fez vários western-spaghetti. Conheci na casa dela o Fabio Testi.
    Abraços,
    Antonio Nahud Junior

    ResponderExcluir
  6. Resposta a Mensagem de Antonio Nahud Junior

    Sim conheço-a
    Tamara Baroni Nascida 1947 em Parma - Emilia-Romagna - Italy. Miss Parma 1967, Miss Elegance e Miss Italia 1967, finalista para Miss Mundo em 1967, atriz e poeta, escritora.
    Ela fez um clássico Cult Western Spaghetti "A Gunman Called Dakota" - 1971 (Filha do Xerife Scott)ao lado de Gordon Mitchell e Bill Vanders.
    No mesmo filme atores como Tom Felleghy e o recentemente falecido Aldo Berti, ícones deste gênero.
    Fabio Testi é o atual presidente do Almeria Festival Cinema na Espanha que acontecerá agora em Setembro 2011 o seu primeiro festival - veja tudo no blog inclusive o Site.
    Fabio Testi é referencia no assunto atualmente.
    Muito Obrigado Falcão Maltês

    ResponderExcluir
  7. Mensagem via E-mail

    Caro Edelzio,
    Diga para Nicoletta, que em minha opinião ela ainda é a donna piu bella do Western Europeu. Pergunte para ela como foi trabalhar com Alain Delon, em "TONY ARZENTA" (73), de Duccio Tessari. Convide-a pra conhecer o Brasil, e dar uma palestra sobre a influência do Western Spaghetti no Cinema Mundial.
    NICOLETTA Um beijo no coração...

    Marcos M. Lima - Minas Gerais

    ResponderExcluir
  8. Valeu Marcos
    Em breve ela estará participando de nosso Blog e com certeza sua pergunta será feita a ela.

    ResponderExcluir
  9. Mensagem de Antonio Vinico via Contato-Blog

    Sou um aficcionado pelos filmes westerns, especialmente as produções italianas.
    A trilha sonora desses filmes são verdadeiras obras de arte, Ennio Morricone o maior de todos.

    ResponderExcluir
  10. Caro amigo Antonio então voce acabou de conhecer um blog dedicado exclusivamente a este seguimento.
    Welcome Muchacho!

    ResponderExcluir
  11. Comentário de João Bosco Nunes via contato-blog

    Amo foroeste, sou apaixonado.

    ResponderExcluir
  12. É amigo...
    Tem muita gente que tá ficando com o "saco cheio" de assisitir filmes "feito no computador".
    Temos que voltar no tempo para ver o Cowboy justiceiro em seu cavalo, querendo simplesmente fazer justiça e ficar com a mulher mais bonita do local.
    Ainda bem que todos esses personagens desse blog deixaram esse legado pra nós.

    ResponderExcluir
  13. Sanches, o "A última vez que vi Paris" tem legendas em portugues/BR no legendas TV, foi feita recente, agora em 2011, para o release The.Last.Time.I.Saw.Paris.1954 de 700 MB

    http://legendas.tv/index.php?opcao=buscarlegenda&filme=23981

    voce tem que estar logado, mas o cadastro é gratuito =)

    ResponderExcluir
  14. Comentário de Aprígio/História - Feira de Santana - Velha Bahia

    Sou de Feira de Santana aqui na velha Bahia. Sou formado em História pela UEFS (Universidade
    Estadual de Feira de Santana). Tenho também o diploma de Técnico em Edificações (nível médio) e atualmente trabalho na área de construção civil, mas desejo também ensinar história.
    Antes de fazer o curso técnico eu já era fissurado em história. A Idade Média com seus castelos e o Renascimento me fascinavam particularmente. O desejo de me aprofundar cada vez mais área veio quando tive contato com o western Spaghetti porque percebi muitas referências ao renascimento e ao barroco na forma como os diretores elaborava as cenas dos filmes.
    Tenho planos de escrever ainda um livro para contribuir com análises feitas a respeito do gênero.
    Existe a meu ver muita coisa ainda a ser esclarecida.
    Estou lutando para fazer o mestrado e então as coisas poderão clarear.
    Obrigado amigo.
    Parabéns pelo bom trabalho!

    ResponderExcluir
  15. Comentário via E-mail de Luiz Carvalho - Pernambuco - Brasil

    Consultei seu blog e estou maravilhado, e estou cada vez mais surprezo com este seu belíssimo trabalho, e mais interessante são as raridades músicais para escutarmos.

    ResponderExcluir
  16. Comentário via E-mail de Luiz Carvalho - Pernambuco - Brasil

    Olá amigão,
    Vamos lá, expondo sempre essa cultura do spaguetti italiano, principalmente às músicas que arrebata e retrata muito os filmes.
    Dentre às músicas que escutamos no seu blog uma que me chama a atenção, é a título Adios Caballero tocada ao tom forte do pistom e que emociona e outra também na qual tenho este filme”Bandidos” (Um dolar para matar) com Enrico Maria Salermo.
    Cada vez mais estou ficando impressionado com suas inspirações, Li um comentário seu recentemente na pagina da Nordeste Distribuidora sobre o filme “Cemitério sem Cruzes” ressaltando de forma muito interessante, mencionando a música do cantor André Hossein (Rope and the Colt). É uma música forte como você diz e bonita, tenho este filme e baixei o arquivo das músicas dele, mais só consegui passar só uma para o cd. Esta música da abertura e estou tentando passara todas de uma vez. É isso aí, vamos expor sempre essa maravilha do spaghetti italiano.

    ResponderExcluir
  17. É por intermédio destes comentários que motiva a gente a melhorar cada vez mais a qualidade do blog e ao conteúdo de informações.
    Grato amigo.

    ResponderExcluir
  18. E se melhorar mais estraga, Edelzio. Isso aqui é um verdadeiro "maná". É por isso que é o melhor espaço do nosso amado gênero do western que existe.

    ResponderExcluir
  19. Comentário Via E-mail de Aprígio/História
    Feira de Santana - Velha Bahia - Brasil

    Caro Edelzio
    Eu já baixei quase tudo que você postou no blog: Bandidos, Navajo Joe, 30 traks Bang bang à Italiana, The Best of the Spaghetti Western instrumental e Vocals, Peter Tevis, Frank Pourcel, Run Red, 2 Westerns Bruno Nicolai, Texas Adeus, dentre outros, inclusive os que você enviou para mim via e-mail.
    Realmente são raridades, instrumentos maravilhosos acompanhando vozes maravilhosas.
    Coisas que não vemos mais. O gênero Spaghetti não revelou ao mundo somente diretores e atores, cenas de ação e violência, revelou também grandes compositores como Morricone, De Masi, Bruno Nicolai, Gianni Ferrio, Alessandroni, Gianfranco Plenizio e vozes extraordinárias como as de Raoul em “Quinze forcas..., Bandoleiros Violentos em Fúria, Annibale, Chamam me Trinity”; Berto Fia interpretando Django, Sergio Endrigo em Tempo de massacre, dentre outros. Esse acervo deve ser divulgado sim e sua iniciativa está de parabéns. Os jovens de hoje precisam conhecer este monumental período do cinema italiano e por que não dizer mundial. A verdade é que por mais que os detratores como um “tal” de Brilharino que escreveu o livro "Filmes e Faroeste" em que passa o tempo todo escrachando o Spaghetti queiram depreciar este gênero, ele cresce e influencia cada vez mais diretores do mundo todo. Este crítico de araque em seu livro que a meu ver é um desserviço a quem queira sinceramente conhecer o cinema a fundo, disse que depois da explosão só restaram os quatro filmes de Leone, que do resto não se aproveitava nada. Afirma "categoricamente" que não são filmes de faroeste porque foram feitos por diretores que não conheciam a história, os fatos tais como ocorreram. Ou seja, que careciam de autenticidade histórica. Só a linhagem de diretores americanos é que possuíam a capacidade para fazer filmes de faroeste de fato. Quando cita Leone diz que “Por um punhado de Dólares e Três Homens em Conflito” não são obras primas "como querem alguns" - estas são exatamente as suas palavras, e por fim apresenta apenas “Era uma Vez no Oeste” como o único filme importante daquele movimento. Seu livro é um desfile de filmes americanos, apenas americanos a própria expressão do “American Way Of Life”. Cita Era uma Vez no Oeste mas não apresenta nenhuma foto do filme, ou seja citou, mas a contra gosto, apenas por medo de ser censurado pelos fãs. Seu modelo é Hollywood. Gosto de alguns western americanos, como os de Ford, no entanto tenho a coragem de dizer a grande maioria são destituídos de inventividade, de criatividade, as músicas são monótonas, parecem ter apenas uma nota do início ao fim. Os personagens brigam e não se sujam, cavalgam milhas e milhas e não suam. Qual foi o compositor americano que fez o que Morricone fez em Três homens...compondo praticamente seis partituras diferentes, cada uma emoldurando cenas diferentes? Aparecem um colosso como Leone colocando a tradição americana de fazer filmes de cabeça para baixo e isso não é nada! Um pobre crítico que vai envelhecer e morrer ouvindo os jovens do mundo inteiro suspirando o nome desse monstro, assim como o de Corbucci, Sollima, Petroni, Barboni. Quem merece respeito é um Tarantino e outros que reverenciam esses diretores e seus filmes reconhecendo seu inquestionável valor artístico e influência. Este é o meu desabafo, mas tenho muitas coisas para escrever ainda. Aguardo sua opinião sobre minhas palavras, amigo. Obrigado pelas trilhas sonoras Edelzio e logo estarei enviando um comentário sobre Navajo Joe.

    ResponderExcluir
  20. Realmente você tem razão em seu comentário.
    Seu comentário é um comentário de respeito.O cowboy viajante na vida real não tinha como não se sujar de poeira e não suar no deserto quente.
    Devemos lembrar que antes de Leone vir com seus Westerns, a Itália, Checoslováquia, Romênia. Alemanha, Turquia, já haviam produzidos Westerns com suas próprias influências em seus próprios Estudios.
    Um que é considerado o pioneiro é “As pistolas Não disccutem” (Le Pistole non Discutono - 64) com trilha de Morricone também. Por um Punhado de Dólares é simplesmente a cópia de Yojimbo de Akira Kurosawa (Os Sete Samurais) mas sem dúvida nenhuma um marco no cinema com suas inovações.
    Quanto ao livro “Filmes e Faroeste” de “Brilharino”, não posso opinar porque não conheço e gostaria de saber como encontrar este livro para ler, pois fiquei curioso depois do seu desabafo.
    Estaremos aguardando ansiosos seus ricos comentários sobre este seguimento que é o Western Espaghetti que serão sempre bem vindos, pois oque há de mais precioso para nós os fãs são “Informações e Opniões”. Criei este espaço para todos que queiram escrever e manifestar espontaneamente oque sentem sobre esta Arte-Cult. Estarei a disposição de todos.
    Valeu Aprígio

    ResponderExcluir
  21. Comentário de Joailton - Piauí - Brasil

    Olá, Edelzio
    Aos poucos, o seu (posso dizer, nosso?) blog está formando uma crescente clientela de aficcionados e descobrindo uma legião de fãs "espaguetianos", que estava adormecida e está sendo despertada pelo seu blog. Cada vez mais estão comentando os posts e obviamente aprendendo mais sobre este “sub gênero” SERÁ?
    e reassistindo os velhos filmes. Parabéns.
    Reveja este link:
    http://www.youtube.com/watch?v=CIdVJJLtcMI.
    É do Anthony Steffen no Jô Soares, achei-o e é uma raridade. Quase não temos material dele, quando morava aqui no Brasil.
    Se tiver outros links sobre o assunto me repasse.
    Sabe de alguém que tenha para vender O pistoleiro de Passo Bravo e Bravo e Pôquer dos assassinos, com George Hilton?
    Grato-Joailton

    ResponderExcluir
  22. Seria legal se encontrassemos essa entrevista na íntegra, mas de qualquer forma valeu...É mesmo raríssima. Vamos correr atrás

    ResponderExcluir
  23. Comentário Via Contato de Luiz Carvalho da Silva Filho - Pernambuco

    Edelzio muito obrigado pelas músicas que voce me envia, é show de bola e estou baixando, outra música que eu acho muito linda é a do filme Ringo o Cavaleiro Solitário que também é de Francesco de Masi: se voce puder enviar os anexos do CD, ficarei sempre agradecido. Vi as minhas mensagens que você editou no blog. Foi muito legal.
    O Blog tem tudo o que sempre esperamos um dia ouvir novamente.
    Um abração.
    Lulinha

    ResponderExcluir
  24. Comentário Via E-mail de Aprígio/História
    Feira de Santana - Velha Bahia - Brasil

    Olhe bem Edelzio; tive contato com esse livro na biblioteca da Universidade de Feira de Santana. Pensei estar diante de uma obra interessante, democrática que destacasse os grandes filmes de faroeste já feitos tanto por Hollywood, como pelos estúdios europeus, no entanto ao folhear e ler a apresentação vi que o camarada só fazia desancar o western italiano. Que “esses filmes não são westerns” e etc. Na minha opinião é uma obra anacrônica, sem valor para o verdadeiro cinéfilo. Westerns para ele só os que são feitos em Hollywood. É daquele tipo que diz que a verdadeira essência cinematográfica só está em filmes em preto e branco, câmara parada, um closezinho aqui e ali, tudo bem naturalista. O cinema parado no tempo. As inovações não valem nada. Vou conseguir a bibliografia correta e passar para você ver se descobre por aí. Já pesquisei na internet e não achei nada. Nós temos que contestar esses detratores, preconceituosos. Valeu!

    ResponderExcluir
  25. Uma correção Edelzio, lhe um comentário meu nesta lista falando sobre o filme Cemitério sem Cruzes na qual elogiando um cometário seu, que você divulgou no dia 04/09/11 quando eu disse que a música é do Robert Hossein, Hossein é ator e não cantor e eu escrevi o primeiro nome André, errado! e a música é do cantor Scott Walker (Rope and The Colt).

    Luiz Carvalho

    ResponderExcluir
  26. Hi to everyone , in first place thank you for had constructed this site, i had searched lyrics for many time, and inside this site i have found lyrics of many songs to sing them for my pleasure.

    In second place i think theres just a little coreection to mention , in the 2 passage you wrote this : " Stranger, Stranger...
    Who knows your face?
    Stranger, Stranger...
    Who knows your sound?"

    but im quite sure that it is : " Stranger, Stranger...
    Who knows your ways?
    Stranger, Stranger...
    Who knows your soul? "

    also you wrote this at 4 passage : " Stranger, Stranger...
    Who knows your sound?"

    in my opinion the correction will be : Stranger, Stranger...
    Who knows your soul?

    and finally ,congatulations guys for this marvelous site , really , im a spanish guy who lives in madrid , so may next time i will travel to almeria to visit festival !! Adios gringo !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito boa suas observações e agradeço suas sugestões para a s correções na letra desta canção. Gostaria de deixasse o seu comentário com seu E-mail para futuras colaborações. Seu E-mail não será revelado e será um prazer se você puder colaborar em me ajudar com letras de outras futuras canções.

      Excluir

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: