Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

17 janeiro 2011

Trinity e Carambola

Carambola Filotto...Tutti in Buca
Trinity e Carambola, a Dupla Invencível - Brasil
Dois Pistoleiros Trapalhões - Brasil
Carambola´s Philosophy: In The Right Pocket – USA
His Name is Holy Ghost - USA
Produção: 1975 - Itália
Direção: Ferdinando Baldi
Música: Fabio Frizzi – Vince Tempera – Franco Bixio
“Sky´s Motor-Bike” letra de Leonberbert
Interpretadas por Dream Bags
Duração: 100 minutos
Fotografia: Aiace Parolin
Produção: Brc, Aetos – Roma
História: Nico Ducci – Mino Roli e Ferdiando Baldi
Michael Coby (Antonio Cantafora) – Coby/Toby/Trinity
Paul L. Smith – Clem/Len/Lynn Butch
Glauco Onorato – Il Supremo
Piero Lulli - Coronel
Gabriela Andreini – Sra. Peabody
Pino Ferrara - Xerife
Ray O´connor (Remo Capitani) - Word
Enzo Monteduro – Jones
Benjamin Lev – Assistente do Xerife
Rod (Olfo) Licari – Dono do Saloon
Emilio Messina, Bruno Ariè, Osiride Peverello, Omero Capanna, Gianlorenzo Bernini, Arnaldo Dell´Acqua, Augusto Funari, Gilberto Galimberti, Enzo Maggio, Roberto Messina, Sergio Testoni, Sergio Mioni, Marcello Verziera, Franco Coruzzi, Renzo Pevarello.Este é o segundo e último filme da dupla de personagens “Trinity e Carambola” no Oeste. O filme começa com a narrativa:
“Chega um momento na vida de todo homem em que ele se encontra numa situação de real desespero e até com sua sobrevivência em grande perigo,
Fugir talvez signifique sobreviver e coragem um fator essencial nestes momentos.Não importa o quanto covarde e temeroso ele possa normalmente ser pois, descobre em si próprio a audácia, a firmeza e a coragem sem as quais estaria irremediavelmente perdido. Sendo captura ou morte suas alternativas inevitáveis de repente ele se torna uma fonte virtual de intrépida resolução, um destemido pistoleiro que se aventura incansavelmente, desafiando constantemente o perigo proporcionado pelo inimigo. Deste momento em diante, ele já pode dizer: Agora sou um homem”.
Esta é mais uma divertida história de dois endiabrados e irreverentes pistoleiros que, em meio a muitos tiros, socos, truques, acrobacias, malabarismos e mulheres, procuram levar justiça e muita confusão ao “Velho Oeste”. O gordo “Len” e o jogador “Coby” a dupla invencível do oeste selvagem roubam uma motocicleta equipada com uma metralhadora que pertence a uma gangue de bandidos e aí está formada a confusão. Seqüencia de Carambola! (1974).
Uma continuação que apesar da simpatia de Smith e Cantafora , com roteiro incoerente e um tanto que absurdo com muita pancadaria para pouco contexto. Em alguns momentos chega a ficar cansativo. Piero Lulli aqui parece que “caiu de para-quedas”; acho que nem ele mesmo conseguiu entender o que fazia neste filme e depois de conhecermos a sua trajetória no Espaghetti Western, fica difícil acreditar que participou desta fraca produção de Ferdinando Baldi. Gosto de Design de produção de Gastone Carsetti e da roupagem de Carlo Simi que sempre conseguiu um clima bem rústico nos personagens e na decoração. A primeira vez que assisti ao filme e vi a dupla em cima de uma cabana tentando uma fuga, fiquei numa dúvida tremenda entre Smith/Cantafora e Spencer/Hill bem como muitos fãs do Trinity original de Barboni.Inacreditavelmente este é mais um filme Cult de muito sucesso no Brasil e também no Japão. A música de Fabio Frizzi/Vince Tempera/Franco Bixio agradavelmente também ajudou nesta particularidade.Em 1995 Enzo Barboni mais uma vez levou a dupla novamente às telas com os atores Heath Kizzier (americano de Dakota como Trinity) e Keith Neubert (americano de Wisconsin como Bambino) com o filme (Os filhos de Trinity) “Trinità & Bambino... e adesso tocca a noi” que teve até uma boa aceitação pelos fãs mas Barboni sabendo da decadência do Western Spaghetti só quis mesmo fazer uma merecida homenagem aos velhos e bons tempos dos personagens Triniy´s e Carambola´s da década de 70 que lhe renderam muitos milhares de dólares e elevou ao nome de Ferdiando Baldi ao cinema internacional. Outra curiosidade brasileira é que fora exibido no Bang Bang à Italiana da TV Record nos dias 19/09/1984 e 19/04/1985.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: