Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

25 abril 2015

Vingança Até o Fim [Quel Maledetto Giorno Della Resa Dei Conti] Especial Brasil


Vingança Até o Fim - Brasil
Quel Maledetto Giorno Della Resa Dei Conti
Terrible Day of the Big Gundown - USA
Vendetta at Dawn - USA
Ta Colt Ton Paranomon - Grécia
 Django - Der Tag der Abrechnung - Alemanha

Produção: Itália, 26 de Junho de 1971
Direção: Sergio Garrone (Willy R. Regan)
Música: Francesco De Masi
Fotografia: Guglielmo Mancori
Duração: 94 minutos
Edição: Carlo Reali
Escrito: Luigi Mangini e Sergio Garrone
Assistente de Camera: Joe D'Amato
Co Produção: Pentagono Cin


George Eastman - Dr. George Benton/Sabata/Django
Ty Hardin - Jonathan Benton
Bruno Corazzari - Rod Fargas
Costanza Spada (Laura Troschel) - Lory Baxter Benton
Anita Saxe - Jane, Garota do Saloon
Steffen Zacharias - Gregory, Gerente do Saloon
Guido Lollobrigida (Lee Burton) – Xerife Jed
Lucia Catullo - Hannah Benton
Jean Louis - Wal, Walcon, Mineiro
Nello Pazzafini - Ralph Barry, Líder Foragido
Rick Boyd - Peter Fargas/Pet
Roberto Dell'Acqua (Leo Widmark) - Dan Benton
Dominic Barto - Carl Fargas/Benson
Piero Nistri – Ralph (foragido)
Benard Farber - Joe (Foragido)
Elio Angelucci - Popular
Manfred Freyberger - Sam
Claudio Trionfi, Angelo Pieri, Sandro Scarchilli, Franco Ukmar,
Roberto Messina, Emilio Messina, Vittorio Fanfoni e Claudio Scarchilli, 


George Benson (George Eastman) retorna para sua casa após cinco anos de ausência durante o qual, este tempo esteve estudando para receber o seu diploma de médico. Ele encontra sua noiva Lory, seu irmão mais velho e agricultor, Jonathan (Ty Hardin), homem de meia idade que é casado e tem três filhos, proprietário e mora em sua fazenda muito simples.

Na região, correm boatos da existência de ouro e tem atraído uma infinidade de pessoas de todos os tipos e de todos os lugares da América para o garimpo, inclusive muitos bandidos e foragidos da justiça.

Geroge Benton e sua noiva Lory sentem-se ameaçados com a invasão da violência na região e tentam forçar o irmão Jonathan a vender a fazenda e partirem do local com a família prevendo que a situação tende a piorar e realmente é o que acontece.


No rio, próximo a fazenda estão os irmãos Fargas, garimpeiros decepcionados com os resultados no garimpo e que algum tempo depois, um deles “Rod Fargas”, o mais instável deles (Bruno Corrazzari) não hesita em saquear e matar a todos em uma diligência. Depois Rod convence os seus irmãos a atacarem a fazenda de Jonathan para roubar e matar toda a família e os únicos que escapam são: Um irmão e o sobrinho mais jovem do médico.

George sabendo através do xerife, da fuga de um grupo de foras da lei de outra cidade tendo como líder, Ralph Barry (Nello Pazzafini), sai em busca deles presumindo serem eles os assassinos de sua família. George, não estava presente durante o ataque na sua fazenda, mas mesmo assim em uma crise de loucura, decide sozinho, caçar os bandidos para vingar toda a família Benton.
Através do bandido foragido da justiça “Ralph Barry” e mais dois de seus cúmplices, George descobre a verdade e sabe quem são os assassinos da sua família, agora determinado a se vingar, põe-se em uma perseguição feroz atrás dos três suspeitos.


Tendo descoberto que um dos Benton sobreviveu ao massacre e como esta testemunha sabe quem são os verdadeiros culpados, os Fargas forçam Barry se juntar a eles e atacar novamente a fazenda para eliminar a testemunha que pode identificá-los e denunciá-los.

George, agora consciente da verdade é informado por uma prostituta, a bela e charmosa Anita Saxe [que também era explorada pelos Fargas] e através da informação, consegue evitar os assassinatos das testemunhas, matando dois dos irmãos Fargas. O terceiro, Rod, em vez de matá-lo, George o conduza à justiça.

Espaghetti escrito por Luigi Mangini e Sergio Garrone e dirigido por Garrone. Este é um spaghetti western que à primeira vista parece estar entre os mais clássicos, um homem da cidade grande que sai atrás de vingança da sua família, mas não é só isso.
Neste filme há novos elementos e muito original, pelo menos em uma boa parte do filme.


Os assassinos não são bandidos reais, mas garimpeiros desesperados, que começam cometer assassinatos e roubos na região para poderem bancar as despesas com as provisões no garimpo de que não têm certeza se a existência de ouro na região é real. As vítimas aqui são agricultores inocentes e não pistoleiros durões.

O filme não abrange um tema da vingança de George Benton (Eastman), mas sim o seu desejo de justiça. Os atores são todos muito bons em seus papéis, embora Ty Hardin apareça um pouco perdido sobre como desempenhar o seu papel de irmão e de pai. Poderia ter sido melhor explorado.


Bruno Corazzari está incrível no papel do sádico Rod Fargas, o mais cruel dos irmãos Fargas.
Um western que, certamente, tem alguns pontos fracos, especialmente no desenvolvimento da trama e edição e mostra-se um pouco cansativo nos primeiros quinze minutos, e a partir daí a trama começa a ganhar força e ritmo.

Rick Boyd (Jed), um dos irmãos Fargas, Steffen Zacharias (Gregory) gerente do saloon, Lee Burton e Bruno Corrazzari que rouba totalmente o show de Eastman, estão todos consistentes em seus papeis. Garrone demonstra a sua técnica de planos e cenas com enquadramento incomum e sem um padrão definido.


Um final diferente que deixa uma sensação estranha, por poupar o seu mais cruel motivo de vingança conduzindo-o à justiça na cena final. O comportamento de Eastman também é muito estranho pois após o massacre da família demonstra muita dor e loucura e como médico poderia ter um controle emociaonal mas razoável. O filme mostra que feito com poucos recursos, mas filmado com boa técnica, uma boa fotografia e totalmente rodado na Itália.

Garrone ilustra bem a violência desenfreada pelo desepero de pessoas em tentar se superar de problemas mas infelizmente, o filme não tem um bom desenvolvimento da ação, diálogos e edição confundindo um pouco o espectador. Mesmo assim continua sendo um filme bem cultuado pelo grande elenco, fotografia mas assim como muitos outros, o bom diretor neste filme, parecia não ter muito claro o que ele queria mostrar.


“Quel Maledetto Giorno Della Resa Dei Conti” é o sexto e último western de Sergio Garrone e certamente não está cotado entre os melhores tendo em vista outros trabalhos que ele deixou neste gênero.

É um filme médio. Outro problema deste filme foi o fato de que seu lançamento em vídeo, só saiu em áudio alemão e até recentemente muitos países não tiveram versões diferentes desta, portanto por esse motivo é ainda, após quarenta anos desconhecido de muitos fãs do Espaghetti, mas hoje já podemos conseguir cópias em Italiano e Inglês e também um DVD sem cortes pela primeira vez em todo o mundo tornando-o muito interessante apreciá-lo.

Inédito na TV brasileira mas no Brasil já existe cópia de VHS, versão em Italiano e inglês legendado em Português.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: