Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

22 outubro 2014

Bud Spencer [Carlo Pedersoli] lança 2º Volume de sua Biografia.



Entrevista feita pela Revista de Variedades Da Hungria HVG.HU em 07 de Outubro de 2014 (Terça-feira) com Bud Spencer [Carlo Perdersoli]

Autor: Thomas Fencsik
Foto: Daniel Nemeth

Será lançado nesta quinta-feira 09 Outubro 2014 em todo o mundo, o segundo volume biográfico de Bud Spencer, (Carlo Pedersoli).
Com 80 anos, ex atleta de time de pólo aquático e ator falou sobre sua casa em Roma, seu intérprete e filho, sua esposa, tomando café, e, finalmente, Piedone como também é conhecido mostrou até mesmo suas próprias músicas.

Pergunta da hvg.hu: Quando foi que você decidiu escrever um volume biográfico, e o que é diferente do que o há no primeiro?

Bud Spencer: Havia muito mais a dizer, e eu senti que eu não só tenho que falar sobre o que aconteceu na minha vida, mas também lembrar dos que convivemos também, então por que cheguei onde cheguei e como ocorreram.
Neste livro, a história é menos intensa do que no anterior, mas com maior riqueza de detalhes e mais bem explicadas. Adquiri experiência no primeiro.
Em segundo lugar, porque eu o peguei foi porque a editora queria muito um outro volume.
Na Alemanha é um sucesso a primeira parte da biografia, eu nem imaginaria uma sequencia para ela
("Bud Spencer - A Raiva Vem de Qualquer Maneira"), aparece no título.
Eles queriam um outro título mas acabou sendo esse.

HVG.HU Pergunta: Você disse isso?
Eu disse um monte de coisas, mas em breve haverá um terceiro livro, que é, obviamente, não é nenhuma biografia para este tipo de Volume filosofa Bud Spencer.
A filosofia de que "cogito ergo sum" - e acho que existe, no entanto, só quando eu estou cheio. A partir deste ponto de partida, e o fato de que "deixe-me, deixe-me viver minha vida." Às vezes eu me sinto como uma celebridade cercada por muito peso e pressão, e assim acontece, não gostaria que fosse assim mas não quero enganar ninguém. 
Mas não acho que os fãs me incomodem, porque eu os respeito muito. Em julho, por exemplo, eu recebi uma carta da China. (O remetente disse que não gosta de mim e sim somente dos meus filmes). 
Fiquei chocado que não me ame, e ame a meus filmes.

HVG.HU Pergunta: fez isso? Você responder a seus e-mails de fãs?

BS: Eu respondi, na verdade quase todos eles ao longo dos anos eu respondi, mesmo que parecia muito absurdo. Gostaria de alguma forma, caso contrário refletir essas letras em um livro posterior. Para descrever a minha experiência dos chineses, ou os índios, falar sobre minhas viagens a diferentes países, como eles me afetaram.
 

Para ver entrevista na íntegra acesse:
http://hvg.hu/kultura/20141007_Meg_elek_es_addig_az_elettel_foglalkozom 

A entrevista original está em Idioma Húngaro

7 comentários:

  1. Não sabia que ele era italiano, muito bom os filmes dele, era só porrada e diversão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Era italiano e ajudou a revolucionar o cinema em seu tempo.

      Excluir
  2. Emociona só de ver a foto!...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele estava mesmo bem debilitado mas não perdia o bom humor com o entrevistava.
      Cheguei a ter contato com ele pessoalmente no facebook mas justamente por problemas de saúde ele não dava muita assistência na rede social.
      Grande ator, grande homem e grande amigo dos fãs.

      Excluir
  3. Um ator que eu gostaria realmente de conhecer, assim como Mario Girotti, o
    Terence. Meu primeiro contato com ele foi em Chamam-me Trinity, um filme
    que marcou a vida de muitas pessoas mundo afora. Deve ter sido uma pessoa
    muito humilde e interessante para se conversar. Sua presença na tela era
    muito forte, tinha muito carisma e elegância. Morreu agora recentemente e no
    dia a grande maioria das emissoras de TV não deram uma nota sequer. Soube
    pela internet. Foi nadador olímpico e campeão na Itália, além de praticar
    também polo aquático e box, e nem esse pormenor serviu para citá-lo no dia
    de sua morte, já que estamos em época de preparação para as olimpíadas no
    Brasil. Daria uma grande reportagem, anunciar a sua morte, citar os seu
    sucessos a ao mesmo tempo comentar fatos de sua história como esportista
    olímpico. Não é possível que não sabiam disso. Nem nos dias seguintes
    comentaram alguma coisa. Algumas fontes mencionam que além do esporte e do
    cinema ele era também inventor. Na verdade foi uma personalidade de muitas
    facetas. Nossa imprensa pedante está sempre a serviço dos modismos made in
    USA. Aliás é completamente vendida mesmo aos EUA. Uma vergonha.

    ResponderExcluir
  4. Um ator que eu gostaria realmente de conhecer, assim como Mario Girotti, o
    Terence. Meu primeiro contato com ele foi em Chamam-me Trinity, um filme
    que marcou a vida de muitas pessoas mundo afora. Deve ter sido uma pessoa
    muito humilde e interessante para se conversar. Sua presença na tela era
    muito forte, tinha muito carisma e elegância. Morreu agora recentemente e no
    dia a grande maioria das emissoras de TV não deram uma nota sequer. Soube
    pela internet. Foi nadador olímpico e campeão na Itália, além de praticar
    também polo aquático e box, e nem esse pormenor serviu para citá-lo no dia
    de sua morte, já que estamos em época de preparação para as olimpíadas no
    Brasil. Daria uma grande reportagem, anunciar a sua morte, citar os seu
    sucessos a ao mesmo tempo comentar fatos de sua história como esportista
    olímpico. Não é possível que não sabiam disso. Nem nos dias seguintes
    comentaram alguma coisa. Algumas fontes mencionam que além do esporte e do
    cinema ele era também inventor. Na verdade foi uma personalidade de muitas
    facetas. Nossa imprensa pedante está sempre a serviço dos modismos made in
    USA. Aliás é completamente vendida mesmo aos EUA. Uma vergonha.

    Aprigio de Oliveira-
    aprigiohistoria@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Particularmente eu sempre soube de toda a sua biografia porque sempre li muito a respeito dele mas realmente muita gente só conhecia ele como o "Bambino" de Trinity.
      Grande artista de nosso tempo.
      Que descanse em paz!

      Excluir

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: