Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

10 junho 2014

Sette Winchester Per Un Massacro [Texas 1867] - Brazil


Sette Winchester Per Un Massacro
Texas 1867 - Brazil
Payment In Blood - USA
Seven Winchesters For A Massacre - USA
7 Winchester Para Una Matanza - Espanha

Produção: Itália 14 de Abril de 1967
Duração: 99 minutos
Direção: Enzo G. Castellari (E.G. Rowland)
História: Marino Girolami, Tito Carpi e Enzo Girolami (E.G. Rowland)
Fotografia: Aldo Pinelli
Música: Francesco De Masi
Música Tema: "The Seven Gunmen" Interpretada por Raoul

Edd Byrnes - Stuart
Guy Madison - Colonel Thomas Blake
Ennio Girolami (Thomas Moore) - Chamaco Gonzales
Luisa Baratto (Louise Barrett) – Manuela
Attilio Severini - Mesa Alvarez
Federico Boido (Rick Boyd) - Fred Calhoun
Adriana Facchetti - Miss Belle
Alfredo Runachagua (Alfred Aysanoa) - Rios
Piero Vida - Levasseur
Giulio Maculani -  Xerife
Rosella Bergamonti - Nora
Marco Mariani - Mason
Mario Papotti (Mario Donen) – Soldado da União.
e Mirella Pampfili

Escrito para o teatro americano, “Payment in Blood” foi aqui adaptado para o Espaghetti Western.
Burke (Guy Madison) é um egocêntrico coronel ex-confederado que não aceita o fim da Guerra Civil e recruta sete dos piores bandidos, protegendo-se atrás da bandeira rebelde, saqueando o território do Texas em meio ao caos do final da guerra.

Agora está a procura de uma fortuna de 200.000 dólares designados para compras de armas durante a guerra desaparecidos e que fora enterrado pelo general confederado “Beauregard” em um cemitério ainda desconhecido.
Edd Byrnes no primeiro de suas três participações no gênero é um agente federal que se infiltrará no bando para investigar e acabar com ele.
Filme dirigido por Enzo G. Castellari em 1967 sob o pseudônimo de E. G. Rowland e um roteiro de parceria com Tito Carpi e Marino Girolami, um pouco mais elaborado do que outros spaghetti que costumamos ver, longe do eterno tema vingança.

A princípio Burke e Stuart se unem com o mesmo propósito, em dividirem o prêmio, mas até o desfecho da história muitas reviravoltas acontecem culminando num final surpreendente entre eles.

Pode-se considerar que este faz parte de uma suposta trilogia de Castellari [Vou, vejo e disparo],[ Vou, mato e volto] e este “Sette Winchester per un Massacro”.
Os persoangens tem muito em comum nesta trilogia.
Mercenários e assassinos da pior espécie que são aqui colocamos como uma espécia de heróis em uma nação em caos total.
Enzo Castellari e Tito Carpi ainda participam como atores no primeiro e no terceiro.

Os personagens seguem o mesmo estilo em que cada um deles tem suas características próprias e ordinárias  especialidades como: especialista em faca, chicote, lutas com uso de esporas, tudo como pano de fundo as sequelas da  Guerra entre o Sul e Norte com suas tradicionais bandeiras.

Castellari neste filme abordou cenas de close-ups interessantes, uma marca registrada na época pré surgimento Leone.
A fotografia de Aldo Pinelli filmado em Technicolor, Techniscope 2.35:1 é outra diferença notada na tela.
Além de belas cenas de torturna no escuro dentro da casa no rancho, um duelo final longo e com muito suspense.
As cores no filme também são diferentes, mais vivas e convincentes devido ao sistema Technicolor.

O ator americano Edd Byrnes, que também atuou “Vou, mato e volto", volta a dar vida ao personagem do caçador de recompensas infiltrado no bando e Guy Madison que tem o caráter de bonzinho, aqui ele é o ex-coronel sanguinário, mas mantém dignidade suficiente para tentar dividir os frutos das posses entre a população carente que lutou com os rebeldes.

É um filme cheio de ação, intrigas e uma certa fidelidade entre sanguinários e assassinos com um final que não causa decepção ao fã.
A letra da bela canção tema vocalizada de autoria de Francesco de Masi, ”The Seven Gunmen” interpretada por Raoul, você conhecerá pela primeira vez aqui neste blog.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: