Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

16 fevereiro 2013

BEN & CHARLIE – Especial Brasil - Documentos Raros

Ben  e Charlie – (Brasil)
Amico, Stammi Lontano Almeno Un Palmo
Amigo, Stay Away – (USA)

Produção: 1972 - Itália e França
Direção: Michele Lupo
Música: Gianni Ferrio
Duração: 118 Minutos
Fotografia: Aristide Massaccesi (Joe D´Amato)
Hisrória: Luigi Montefiori E Sergio Donati
Roteiro: Donati Montefiori
Distribuição Original VHS Brasil: Intermovies – Reserva Especial


Giuliano Gemma - Ben Bellow
George Eastman - Charlie Logan
Marisa Mell - Sarah
Vittorio Congia - Alan Smith
Giacomo Rossi Stuart - Hawkins/Detetive Da Pinkerton
Luciano Lorcas (Luciano Catenacci) - Kurt
Remo Capitani - Charro
Nello Pazzafini (Giovanni Pazzafini) - Butch
Roberto Camardiel - Xerife De Silvertown
Giovanni Cianfriglia - Segurança Da Casa De Jogos
Franco Fantasia - Xerife Robbins
Tom Felleghy - Jogador No Saloon Blue Hill
Jesús Guzmán - Telegrafista De Silvertown
Cris Huerta - Gerente Do Banco De San Diego
Luis Induni - Jogador Com O Xerife
José Manuel Martin - Vendedor Ambulante/Mascate
George Rigaud - Pastor
Aldo Sambrell - Xerife Walkers
Francisco Sanz - Samuel J. Cobb/Armeiro De Red Rock
e com Gioia Desideri, Vittorio Fanfoni, Carla Mancini, Fabián Conde,Osiride Pevarello
Ben Bellow e Charlie Logan se encontram novamente. O reencontro se dá quando Charlie espera Ben do lado de fora de uma prisão (prólogo) e as boas vindas é uma grande luta entre eles pela areia do deserto escaldante. 
Cometeram algumas malandragens no passado, e por causa de uma delas não tão séria assim, Ben acabou sendo preso. Suas perambulações os levaram até uma pequena cidade onde, apesar de inocentes, são confundidos com perigosos criminosos. O xerife que diga-se de passagem, não é nenhum santo, acaba colocando-os atrás das grades. Entretanto, Ben consegue fugir e salvar seu amigo. 

Agora ele só pensa em se vingar do inescrupuloso xerife, só que tem um probleminha nisso tudo: Eles são considerados fugitivos, foras da lei e as coisas começam a esquentar para eles.

Dentre as confusões até pensam em endireitar-se de vez  e viver como cidadãos respeitáveis normais, mas nem sempre seus planos dão certo e eles tem que estar sempre a um passo a frente da lei para se safarem das situações inusitadas que o destino se encarrega de presentear-lhes.
A confusão no oeste é generalizada com estes dois à solta. Interessante que com um elenco como esse, a maioria dos conhecidos não aparecem nos créditos. Todo os atores aparecem mas as cenas são curtas e o ritmo do filme talvez faça com que muitos deles passem desapercebidos. 

Michele Lupo recebeu elogios na época pelo capricho na fotografia deste filme. A presença de Marisa Mell (Sarah), que faleceu  precocemente de câncer aos 53 anos está deslumbrante nos enquadramentos de Aristide Massaccesi (Joe D´Amato), um ícone respeitado em sua especialidade. Az vezes estas jóias apareciam em cenas de 2 a 3 minutos pra deixar todo mundo com água na boca.

Este filme fez sucesso estrondoso nos cinemas da época e muitos chegaram a pensar que seria mais uma dupla clássica do Western-Espaghetti-Comédia.
Bem e Charlie são dois amigos inseparáveis, mas ao mesmo tempo não podem ficar juntos, vivem discutindo, e resolvem tudo na briga mano-a-mano, mas após as brigas, estão juntos novamente.
Uma dupla que certamente por causa da química entre os dois poderiam ter feito mais filmes juntos e alegres como este.




Às vezes me vem à lembrança da dupla de “Alleluja I Sartana...Figli Di Dio!”,  1972,  [Aleluia e Sartana.. Reis do Gatilho – Brasil] com Ron Ely (Tarzan - da série de TV), Alberto Dell´Acqua e direção de Mario Siciliano, talvez porque George Eastman e Ron Ely serem dois atores altos. Curioso que estes dois filmes foram rodados no mesmo ano, e talvez possa haver alguma ligação entre eles, mas Bem e Charlie é mais acima da média..
Um filme divertido com uma trilha sonora fantástica de Gianni Ferrio.



Material em exposição do acervo de Edelzio Sanches e Marcos Maurício Lima - Brasil

Saiba mais em Giuliano Gemma - Marcadores

8 comentários:

  1. olá Amigo, maravilha de blog, tb adoro westerns e de preferencia os Espaghetti B ^^
    tenho esse VHS nas mesmas condições acima mais tenho poucas lembranças desse filme, REassistirei assim q tiver oportunidade...
    Assim que eu puder irei pensar em algo p/ colaborar contigo nesse blog
    Pena eu estar numa situação inimaginavel esses tempos

    até breve

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Fernado, obrigado pela participação, mas fiquei imaginando qual seria essa sua situação inimaginável.

      Excluir
  2. Edelzio, ¡esto es una maravilla! ¡¡Gracias por compartirlo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias per su participacione Belane.

      Excluir
  3. Edelzio, um bang bang gostoso de ver, hora a gente ri, hora emociona... é daqueles que prende a atenção do início ao fim.
    Fiz a legenda em PtBr para este grande faroeste e postei no FriendsharePT.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. É bom tê-lo por aqui Vicente.
    Vou procurar esta versão de Ben & Charlie, pois as que eu tenho, são duas sendo: uma da Editora Spacrta nova e uma cópia de VHS da Reserva Especial tal qual como no post, sendo que para mim não conta muito a qualidade de imagem e sim me importo como fonte de pesquisa e documento cultural.

    ResponderExcluir
  5. olá, muito bom o seu blog...
    eu conheço muito pouco sobre os filmes de faroeste,não sou dessa época pois tenho apenas 18 anos, mas sempre que posso compro algum dvd ou algum gibi. Gosto muito das matérias, pois há muitos filmes bons que eu nem imaginava existir.
    Também gosto muito de ouvir as trilhas sonoras dos filmes westerns, principalmente os á italiana.
    Lembro-me ainda quando o blog tinha vários discos de vinil para baixar, o que aconteceu com essas musicas? Também me lembro de uma musica do filme "Meu nome é ninguém", que ficava num cantinho mais abaixo do blog...Seria possível postá-la de novo?
    Obrigado pela atenção...

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito do seu comentário.
    Os discos que postava anterirmente retirei para não ferir direitos autorais de alguém, coisa que acho estúpida hoje, pois estas músicas já são Patrimônio Público pelo tempo de sua existencia, posto aqui somente músicas replicas de vinyl ou cópias não originais, mas CDs como "Meu nome é ninguém" pode ser encontrado facilmente para Download na WEB.
    É só procurar e pesquisar que se encontra fácil.
    abração

    ResponderExcluir

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: