Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

29 setembro 2011

Conclusão do Western Festival Almería 2011 - Espanha

Realizado de 08 a 11 de Setembro de 2011, mais este grande evento do Bang Bang à Italiana demonstrando que o gênero está mais vivo do que nunca nos dias de hoje. Saiba tudo o que ocorreu neste evento com fotos inéditas divulgadas por Danny Garcia, um dos promotores e divulgadores deste evento para o nosso Blog.

A deputada Maria Vazquez presidiu a premiação de gala do evento na cidade Tabernas em Fort Bravo.
O Conselho da Cidade mostrou seu apoio para continuar a promover o Festival no próximo ano. O filme "Aballay, o homem sem medo" foi o vencedor deste Primeiro Festival Internacional de Cinema Western de Almería.
A deputada, Maria Vazquez e Mari Nieves Jaén, prefeita estiveram junto com os atores que participaram do festival e os vencedores da seção oficial.
O votos e comentários foram concluídos domingo 11 de Setembro, em Fort Bravo com os longa-metragens, principalmente para o melhor filme que foi para "Aballay, o homem sem medo" do diretor Fernando Spiner , um prêmio que foi apresentado pela deputada da Cultura, María del Mar Vázquez. O Prêmio do Público foi para o filme The warrior's way", dirigida por Sngmoo Lee. (A volta do Guerreiro). A cerimônia de premiação ocorreu durante uma apresentação de Gala no Fort Bravo, com a presença de vários atores e os convidados que não faltaram para esta primeira edição do Festival. Receberam o prêmio no Festival do escritor Carlos Aguilar, os atores Eduardo Fajardo, Antonio Pica, Saturno Cerra (atuou em treze westerns inclusive em Três Homens em Conflito e Era um Vez no Oeste), Frank Braña, Craic Hill, Fabio Testi, Dan Van Husen, Nicoletta Machiavelli e os cineastas Diretores Rafael Romero Marchent e Eugene Martin. O ator alemão Dan Van Husen disse que "Estou emocionado e honrado de participar deste Festival." De sua parte o Frank Braña fez um esforço incrível para ir a Tabernas, com problemas respiratórios e observou que "Um festival é uma coisa maravilhosa como essa que acabei de presenciar. Eu nasci no oeste do Almeria e meu filho nasceu aqui há 49 anos. Gostaria que as autoridades e instituições fizessem-no crescer. Nós poderíamos ser tão grande como os "Sets" norte-americanos no mundo do Western."
Fabio Testi, ator italiano intimamente ligado ao Almería por anos, sublinhou que "estou emocionado. Almería tem algo muito especial para o cinema. E garantiu aos próximos anos o Festival".
O ator norte-americano Craig Hill, acompanhado de sua esposa Teresa Gimpera disse ao final: "Estou emocionado de estar em Almería novamente. Há 65 anos eu comecei a fazer Westerns e dos quinze que fiz, nove foram rodados aqui". Enquanto isso, Eduardo Fajardo, disse que "O Festival tem me dado grande prazer de rever os meus colegas, porque através deles eu tenho vivido e reconhecido por longo do tempo. Almería é conhecido mundialmente por seus filmes aqui produzidos. Almería está fazendo um grande trabalho de divulgação para o cinema e para os curtas-metragens, então eu estou apostando forte para a volta dos longas-metragens e espero que este festival venha continuar no futuro, aqui nesta terra de cinema". Finalmente, Candida Lopez, a viúva de Aldo Sanbrell também recebeu um prêmio postumamente. Todos os participantes incluídos os atores Frank Braña, Eduardo Fajardo, Saturno Cerra observaram a bela cena apresentada com três cavalos a galope e um dos cowbloys despejando as cinzas no ar sob a lua cheia nas pradarias de Almería. Após a cerimônia de premiação do Festival, a prefeita de Tabernas, Mari Nieves Jaén agradeceu a presença a todos que haviam passado alguns dias em seu município.
"Para todos nós de Almería tem sido algo especial em termos tantos filmes realizados em tavernas. Quero agradecer a Danny Garcia e Cesar Mendez. Vocês devem continuar este trabalho em Tabernas nos próximos anos."
Resumo do festival

O evento começou quinta-feira passada em Fort Bravo estudos com a abertura da exposição de cartazes de cinema e projeção clássica ocidental é um documentário interessante sobre westerns filmagens.
Uma das atividades mais interessantes do festival foram os dois fóruns de atores peritos e experientes realizada na sexta-feira dia 9 e Sábado dia 10. No primeiro desses os atores participantes foram Fabio Testi, Dan Van Husen, Antonio Pica, e Nicoletta Machiavelli.No sábado, os atores envolvidos Saturno Cerra, Frank Braña, Craig Hill e sua esposa Teresa Gimpera (atuou em quatro Westerns inclusive "Wanted" ao lado de Giuliano Gemma - lembram da personagem Evelyn?)e os cineastas Rafael Romero Marchant (dirigiu 19 Westerns) e Eugenio Martín (diretor espanhol que dirigiu 4 Westerns) e Candida López. Ambos os eventos foram moderados pelo escritor Carlos Aguilar.
Nestes painéis os palestrantes falando sobre suas experiências na Terra; de trabalhos de diretores como Sergio Leone e todos ficaram encantados em retornarem em Almería, terra de que eles têm boas lembranças. Entre o público, estavam também Al Matthews, Veronica Diaz, estrela do filme em competição 'The Gundown ", com Peter Coyote e Carlos Garcia(" El Mariachi "). Durante esses quatro dias as projeções dos filmes da Seleção Oficial aconteceram no Teatro Municipal de Tabernas e projeções a noite da Seleção Oficial de Clássicos Spaghetti Western, como "Quando Explode a Vingança" que foram exibidos na praça da cidade Mexicana onde o público pode desfrutar em noites sob as estrelas em meio ao cenário fabuloso de Fort Bravo, cercado pela silhueta do horizonte do deserto de Almería.
Outra grande atração do festival foi o show oferecido por especialistas de Fort Bravo em ação, com galopes, trailers, socos e quedas espetaculares em simulações teatrais de cenas de filmes do Velho Oeste. Um show muito especial diário muito bom com o pianista e ator Dave Bourne em Fort Bravo foi apresentado aos presentes.
Tipicamente vestido com suas roupas da “América" exclusivas e sua forma de tocar a música no piano do século XIX e algumas canções relacionadas com as melhores trilhas sonoras de filmes.O Can Can Girls, que também apresentou os seus shows de danças típicas do velho oeste também acompanhadas do pianista norte-americano.
No final de ambos, Danny Garcia e Cesar Mendez fizeram uma avaliação positiva do Festival. "Tem sido um sucesso reunir tantas personalidades do oeste, ambos os diretores, atores e pessoas que estão ligadas a esse gênero maravilhoso do cinema. Foram dias de trabalho duro, onde os atores contaram as suas experiências nesta terra do cinema como é Almería. No geral, estamos felizes com o desenvolvimento e nos sentimos satisfeitos com a realização deste Primeiro Festival Western 2011".
Obrigado a todos que nos ajudaram a realizá-lo.

OUTRAS CURIOSIDADES

Almería Festival 2011 Site
Câmara Municipal de Tabernas - Espanha
Aniversário de Giuliano Gemma 2011 - Vídeo
Entrevista Anthony Steffen – Jô Soares – Brasil - Vídeo
Vinheta TV Terça Sem Lei – Record Anos 90 - Vídeo
Bang Bang à Italiana Vol. 2RCA Ripped LP 1969 Re-Uploaded Sendspace

14 comentários:

  1. Caríssimo, que emocionante... Senti os acordes de Morricone... Belo post. Gostei.
    Cumprimentos cinéfilos

    O Falcão Maltês

    ResponderExcluir
  2. Estes são os verdadeiros astros que ainda permanecem trabalhando para preservar a existência deste gênero que agora começa a conquistar mais uma geração de fãs.
    Impressionante é a ligação dos personagens com as músicas dos filmes.
    Qunado o fã ouve a música, lembra do filme tal...
    Quando o fã vê o seu protagonista (ator ou atriz) automaticamente lembra do personagem e da lembra da respectiva música do filme e isso é a prova de que ficaram na memória mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Fala Sanches.

    Sensacional cara esta reunião de celebridades que deram o máximo de seus desempenhos nas telas, e eletrizaram platéias nos bons e saudosos tempos do bang bang a italiana.

    Embore goste dos americanos também, não posso deixar de reconhecer grandes clássicos do gênero "spaghetti", e ficava ainda mais admirado com a presença de alguns atores clássicos americanos que também deram sua contribuição, como Alex Cord, Lex Barker, Guy Madison,Jeffrey Hunter, Gilbert Roland, e Richard Harrison, que fico feliz em saber que esta vivo e bem.

    Fiquei a Saber que Aldo Sambrell faleceu não faz muito tempo, isto é, soube um pouco mais tarde quando a notícia já tinha sido divulgada.Uma grande perda,era um excelente ator e ele atuou ao lado de Audie Murphy em "The Texican"/Bandoleiro Temerário. A Título de curiosidade, um dos seus primeiros trabalhos no cinema foi no épico bíblico "Rei dos Reis", de 1961, dirigido por Nicholas Ray, em que ele interpreta um dos guardas do Sinédrio. Apesar de infelizmente póstumo, o prêmio foi merecido.

    Parabéns Sanches, seu espaço esta magnífico e com belas trilhas que resgatam os bons e velhos tempos do precioso bang bang a italiana.

    Hasta la Vista!

    Paulo Néry

    ResponderExcluir
  4. Meu amigo Paulo Néry - www.filmesantigosclub.blogspot.com
    Um comentário digno da postagem.
    Tambem não tenho preconceito nenhum, tudo é bom e gostoso de ser lembrado. Quem não gostar de John Wayne e Giuliano Gemma, não gosta de Faroeste. Poderiam até inverter as situações. Wayne filmando em almería e Giuliano Gemma em Hollywood que o oeste seria o mesmo. Mas enfim...se formos estudar mesmo a fundo vamos achar descobertas interesantes. Até mesmo o ator espanhol Fernando Sancho teve uma participação nesse "Rei dos Reis" e em outros filmes épicos de diretores americanos.
    Abração ao amigo Paulo Néry que também tem seu blog de Cinema de primeira linha.

    ResponderExcluir
  5. Comentário via E-mail de Robert Woods

    Very nice, Edelzio..thank you...
    (Muti bom, Edelzio..Obrigado...)

    ResponderExcluir
  6. Comentário via E-mail de Eldar-88 Rússia

    GRACIOS! BUONO FOTOGRAFIA!!

    ResponderExcluir
  7. Comentário de Apr[igio/História - Feira de Santana - Bahia - Brasil
    Valeu Edelzio
    Já vi também seu resumo sobre o encerramento do I Almeria Festival. Grandes figuras. lá estavam o Franck Braña e Eduardo Fajardo, atores espanhóis dos quais eu sou fã, especialmente do Braña que se apresentava sempre com aquele rosto expressivo de bandidão, com as sombrancelhas grossas e franzidas. É preciso lembrar que Fabio Testi deixou também seu nome na história do Spaghetti com o fabuloso "Anda muchacho, spara", cujo título eu tomei como nosso grito de guerra 'Vamos muchachos , disparem'.
    Novidades: Consegui ir até à biblioteca da universidade Estadual de Feira de Santana e tirei xerox de algumas páginas do livro de Brilharino "O filme de faroeste" que ao digitar em mensagens anteriores eu troquei o título para "Filmes de faroeste". Não deu para pegar o livro emprestado. Vou escanear e lhe mando para você ler e analisar. Têm muita blasfêmia.

    ResponderExcluir
  8. Sensacional cobertura deste evento, demonstrando que o blog cada vez mais se firma e tem uma identidade ímpar, com firmes propósitos.
    Embora, como foi comentado, há faroestes americanos sensacionais e deles saíram o DNA, para os spaghettis, incontestavelmente, eles não conseguiram fazer uma ligação tão forte com os seus fãs, como o faroeste italiano conseguiu. Há vários motivos para isso, mas isto é uma outra história. Uma desses motivos, foi observado por um filho meu, adolescente, quando via um um filme comigo, do Randolph Scott, disse: "Este filme é bom, mas sem música, como os Italianos, fica muito sem graça". Por isso o americano não marca, não envolve, não vai no sentimento.
    Parbéns mestre Sanches.

    ResponderExcluir
  9. Comentário via E-mail de Danny Garica - AWF 2011

    Muito bem Edelzio! Obrigado y espero verte en el AWFF 2012!
    Saludos,
    Danny
    On Fri, Sep 30, 2011 at 9:56 PM

    ResponderExcluir
  10. Comentário via E-mail de Jucelino Neto - Rio Branco - Acre - Brasil

    Sou Servidor Público. Minha principal diversão é ver um bom faroeste, principalmente os Italianos. Desde que eu tinha 12 anos me juntava com amigos da minha vizinhança e íamos ver as sessões de matinês. Na minha cidade só havia dois cinemas e eles exibiam duas sessões. Nós saíamos correndo de um cinema para ver a segunda sessão do outro. Nosso principal foco sempre foi o bang bang, apesar de assistirmos os filmes de Tarzam, com Gordom Scott, Lex Baker e o sensacional Johnny Weismuller. Hoje eu costumo adquirir estes filmes pela internet, em sites especializados ou outros que oferecem cópias , algumas relíquias, inclusive. Conseguí todos os faroestes com Giuliano Gemma, mas me faltam alguns em que ele atuou em outros gêneros.
    Me faltam alguns de outros atores, como Franco Nero, Peter Martell, Robert Wood, Gorge Hilton, Montgomery Ford, Anthony Steffen e outros mais, que eu levaria muito tempo para enumerar.
    Ainda leio, quando encontro, aqueles bolsilivros de bang bang, se você se recorda. Eu formava coleções dos lançamentos da Editora Monterrey. Era louco por gibis. Também ainda os leio. A nossa infância foi sensacional, você sabe. Nossos horizontes eram esses. As nossas fantasias se baseavam na admiração que tínhamos por todos aqueles ídolos dos filmes e nos personagens dos livros e gibís que líamos varando a madrugada. Sempre digo isso para as minhas filhas. Eram tempos de sonhos e descobertas maravilhosas. Tratávamos esses ídolos como compranheiros, colegas íntimos. Que saudade. Enfim , acho melhor parar para não me tornar cansativo, mas essas reminiscências me fazem ter novamente 12 anos de idade.

    ResponderExcluir
  11. É isso mesmo. Não é nada diferente do que aconteceu comigo também. Tenho uma filha de 29 eum filho de 25 e passo isso pra eles e eles gostam e aceitam isso com naturalidade. São conscientes que tivemos uma adolescencia bem vivida. Mas agora são outros tempos. Espero que eles tirem proveito desta fase que está muito difícil. Mas enfim o importante é que temos mais um seguirod assíduo e apaixonado por este seguimento.
    Bievenido Muchacho!

    ResponderExcluir
  12. Mensagem via Contato: Luiz Carvalho da Silva Filho
    Cabo de Santo Agostinho – Pernambuco - Brasil

    Parabéns Edelzio,
    Por ter divulgado dando uma cobertura sobre esta matéria para nós sobre esse Festival, que eu chamo de “O grande encontro de volta ao tempo”, os atores devem ter sentido muitas saudades revendo aqueles cenários de madeiras, os saloons, com aquelas barras de madeiras na frente para amarrar os cavalos, e para nós revermos as fotos dos atores da época é uma grande lembrança, como os atores vilões; Eduardo Fajardo, Saturno Cerra e Frank Braña.
    Muinto Bom.
    Valeu Sanches.

    ResponderExcluir
  13. Comentário via E-mail de Emanuel Neto - Por Um Punhado de euros Blogspot - Portugal

    Aproveito para informar aqueles que desconhecem que Eduardo Fajardo é um ator muito respeitado em Almería e, como tal, a aldeia de Los Albaricoques homenageou-o atribuíndo o seu nome a uma das ruas: CALLE EDUARDO FAJARDO

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  14. Re-uploaded 2014:
    LP VINYL RCALP1969-2.rar - 25 MB
    http://www.sendspace.com/file/5lksh9

    ResponderExcluir

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: