Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

19 junho 2011

NICO FIDENCO NO CINEMA - ESPAGHETTI WESTERN

Sua Contribuição Musical para o Espaghetti Western é muito valorizada e procurada entre os colecionadores de Trilhas Sonoras (Sondtracks) do mundo inteiro.

Nico Fidenco contribuiu com 11 Trilhas Sonoras para o Espaghetti Western que se tornaram albuns clássicos para este gênero com parcerias de músicos geniais. São elas:

1965-À Sombra de Uma Arma (All'Ombra di Una Colt), dir: Gianni Grimaldi, com Stephen Forsyth e Ann Sherman. Letras de N.Fidenco. Orquestra de Willy Brezza. N. Fidenco canta somente a versão comercial de: "Finche' il Mondo Sará".

1966-Pelo Prazer de Matar (Per il Gusto di Uccideri), dir: Tonino Valerii, com Craig Hill e Susy Anderson. Canção: N. Fidenco. Orquestra:Willy Brezza.

1966-O Bandoleiro Temerário (Texas Kid - Texican), dir: Lesley Selander, com Anna Maria Cazerla, Audie Murphy e Broderick Crawford. Diretor musical: Robby Poitevin. Letras de N. Fidenco. Curiosidade: Existe uma versão anterior, dirigido pelo próprio Selander e estrelado por Rod Cameron.

1967-John, O Bastardo (John il Bastardo), dir: Armando Crispino, com John Richardson e Sandra Milo. Canção tema: N.Fidenco. Letra: N.Fidenco e Giacomo Dell'Orso. Orquestra: Giacomo Dell'Orso.

1966-Até no Inferno Irei a Sua Procura (Dinamite Jim), dir: Alfonso Balcazar,
com Luis D'avila e Fernando Sancho. Letras de N.Fidenco e Giuseppe Cassia. Orquestra de Willy Brezza.

1967-Bang Bang Kid (Idem), dir: Luciano Lelli, com Guy Madison e Sandra Milo. Canção tema de N.Fidenco e Orquestra: W.illy Brezza.

1968-Meu Sangue Chama Vingança (Lo Voglio Morto), dir: Paolo Bianchini, com Craig Hill e Lea Massari. Letra da canção: N, Fidenco. Voz de Lida Lú. Orquestra de Willy Brezza e Gaita de Franco De Gemini. Na TV: Procurado Vivo ou Morto.

1968-Até o Último Sangue (All'Ultimo Sangue), dir: Paolo Moffa, com Craig Hill e Ken Wood. Letra e voz: N.Fidenco. Diretor musical: Willy Brezza. Em Vídeo: "Vingança de Pistoleiro".

1968-Mais Um Para O Inferno (Uno di Più all'Inferno), dir: Giovanni Fago, com Geroge Hilton e Gérard Herter. Orquestra de Giacomo Dell'Orso. Letra de N.Fidenco. Coro: Edda Sabattino Dell'Orso.

1971-Lobo, O Bastardo (Lobo il Bastardo - Il suo nome era Pot...ma...lo chIamavano Alegria), dir: Dennis Ford, com Peter Martell e Daniella Giordana. Orquestra Willy Brezza. Canção e Letra: N.Fidenco.

1973-O Prêmio de Um Canalha (Campa Carogna...La Taglia Cresce - Charge!), dir: Giuseppe Rosati, com Stephen Boyd e Gianni Garko. Letra e Voz: Stephen Boyd. Música: N.Fidenco. Diretor musical: Giacomo Dell'Orso.

Material Cortesia de Marcos Maurício Mendes Lima (Belo Horizonte - Minas Gerais)

3 comentários:

  1. Nico Fidenco me conquistou através das belas canções românticas que eu ouvia nos discos de meu pai nos anos 60. Depois, foi uma grata surpresa ver a trilha sonora de ALL'OMBRA DI UNA COLT, LO VOGLIO MORTO e PER IL GUSTO DI UCCIDERE, escritas por ele, quando assisti a esses filmes no cinema. Suas trilhas para o Eurowestern são, no mínimo, inesquecíveis para mim. E possuo todas no meu acervo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cayman entre essas três que você citou, a minha predileta é a do tema do personagem Clayton cantada por Lida Lu.

      Luiz Carvalho

      Excluir

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: