Portal dedicado ao Espaghetti Western

Letras-Lyrics-Song-Sung-Espaghetti Western-História-Músicas-Entrevistas-Curiosidades-Pesquisa-Opinião-Atores Brasileiros no Espaghetti Western-Atualidades-Homenagens-Resenhas-Sinópses-Subtitles-Legendas-Filmes.

01 maio 2010

Tomas Milian


Muitas estrelas e atores de filmes B encontraram então possíveis chances de viajar a Europa e transformar-se em estrelas do western-espaguete. Após a trilogia – Dollars de Leone, Lee Van Cleef fêz O Dia Da Desforra (1966), A Morte Anda a Cavalo (1967), Acima da Lei (1968) e muitos outros.

Nos anos 70 Cleef tornou-se um dos dez atores mais solicitados na Europa. Atores tais como Gilbert Roland, Walter Barnes, Stephen Boyd, Edd Byrnes, Joseph Cotten, Broderick Crawford, Mark Damon, Jack Elam, Woody Strode, John Ireland, Ty Hardin, Guy Madison, Lex Barker e muitos outros impulsionaram suas carreiras quando já estavam caindo no esquecimento.
Atores europeus também, embora alguns trabalharam sob pseudonimos. Conseguiram aparecer para o mundo como Giuliano Gemma (Montgomery Wood) consagrou-se na pele de Ringo.,Franco Nero encontrou um trabalho lucrativo em filmes “The Brute and the Beast" (1966), de Lucio Fulci, Ferdinando Baldi dirigindo “Texas, Adios” (1966) com Franco Nero, ator de prestígio de Sergio Corbucci que chegou a dizer certa vez: "John Ford tem John Wayne, eu tenho Franco Nero".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Crítica, Opinião e Sugestão - Escreva Aqui: